Archive for maio \31\UTC 2009

Rapidinhas – O Retorno

maio 31, 2009

Olá colegas leitores desse maldito blog, retornamos com mais um plantão para deixa-los a par da quantidade de merda que a internet pode gerar.

Ops!

Ops!

Ok a falta de qualidade no ensino também gerar muita merda!

Mas retomando o nosso tema… Aqui vai uma dica: Se beber não “poste”.

Retardado!

Retardado!

E nem se tiver problemas mentais!

Falando em retardados… Bruno “The Rock” e o “Confronto do Século”!!!!

Parem as maquinas!

Parem as maquinas!

Não importa quem vença. O Serdan detona os dois, porque ele já esteve lá!

O autismo é uma desordem global do desenvolvimento. É uma alteração que afeta a capacidade da pessoa comunicar, estabelecer relacionamentos e responder apropriadamente ao ambiente – segundo as normas que regulam estas respostas.

Vejamos um belo exemplo disso:

Woooooww!!!

Woooooww!!!

Esqueceu de tomar os remédios!

Bom se pensarmos por um lado independente de déficit mental de cada pessoa, todo mundo tem defeitos, alguns até desejos estranhos.

Dispenso!

Dispenso!

Bom, eu não quero catar nenhum wrestler mas eu sei o que o P.I faria se catasse o Big Show!

chupagordo

gay

Rapidinhas

maio 28, 2009

Voltamos com mais uma sessão de cagadinhas dos nossos amigos fãs de wrestling!

Vejam só o que é uma visão de futuro…

2000?

2000?

Enquanto isso surge uma nova federação de wrestling com os grandes lutadores, Wandertaker, Raw e Et[??].

Telefone... Minha casa!

Telefone... Minha casa!

Ric Flair está voltando aos ringues e com isso vamos voltar ao ano de 2008 quando o Naitch preparava a sua “despedida”. Nem todo mundo estava empolgado com a derradeira batalha de Flair!

Patético né!

Patético né!

Esse post é um oferecimento do I Campeonato de No Mercy!

O que seria um champiosh??

O que seria um champiosh??

Crônica Bonitinha

maio 26, 2009

Já ouviram falar daquela história da menina bonitinha? Dizem que uma menina bonitinha não passa de uma feia arrumadinha. Pois então, no meio das crônicas também temos casos parecidos, uma crônica ruim pode parecer boa se for bem escrita. Explicando melhor, você pode escrever um montão de besteiras com um português correto e com uso de meta-linguagem e tornar esse montão de besteiras em uma verdade absoluta. Querem um exemplo?

Analisemos friamente trechos da crõnica abaixo:

“Um Deja Vu, o que seria? Aquele sonho que temos, e ocasionalmente dias após o tal sonho se torna num facto real, isto resumiria bem um Dejá Vu”

Na verdade resume muito mal. Déjà vu não é sonho porra nenhuma. Déjà vu é uma reação psicológica, quando o cérebro tem dificuldade de transmitir se tal informação é inédita ou não. Por isso as vezes a impressão de que uma situação já ocorreu mesmo que não o tenha. Sonho… pffff!

“Na Wrestlemania 25 tivemos um Dejá Vu na Money In The Bank Ladder Match, com CM Punk a conquistar novamente a mala.”

Eu tinha certeza que isso já havia acontecido mesmo!

ocio

“O inimaginável aconteceu e a WCW fechou as portas declarando falência. Muitos foram os culpados, Vince Russo foi o bode expiatório – o sujeito a par das culpas”

Eu já ví alguns depoimentos sobre o fim da WCW e em nenhum deles eu ví o Vince Russo sendo acusado da responsabilidade pelo fim da federação, até porque quando Russo foi para a WCW foi como uma esperança de colocar aquela merda pra funcionar novamente, ou seja, ele era uma consequência do processo de falência e não um responsável. Até porque se fosse por idéias ruins do Russo a TNA já tava fudida.

“Brilhante idéia de Vince Russo… Glacius, um wrestler baseado no Sub-Zero… Esta aí um dos muitos motivos para culparem Russo.”

Primeiro que é Glacier e não Glacius, eu tenho um primo chamado Glaucio mas esse também não lutou na WCW. Segundo que o Glacier estreiou na WCW em 96 e o Russo foi para lá em 99. Agora convenhamos, se o cara que tá escrevendo não sabe nem a peste do nome do lutador, como pode ter a vergonha de cita-lo na crônica?

ocio1

“Achar um culpado para tal tem caído no quotidiano, muitos dizem ter sido Vince Russo o principal responsável – de idéias estúpidas a idéias catastróficas, o homem foi o responsável pelas gimmicks mais idiotas do wrestling.”

Eu não sei mesmo de onde ele tirou essas idéias, até porque mesmo se o Russo tivesse inventado essas gimmicks idiotas, seria muito dificil ele superar coisas como o Doink e o Shockmaster.

“A maior rivalidade de Sting, mas não a maior de Hogan.”

Anotem isso, o maior rival do Sting se chama Ric Flair. Ok? Então sigamos. Não abracem essa presepada aí não!

Hein?

Hein?

Daqui pra frente parece que o remédio deixou de fazer efeito de vez:

“Não, eu não crítico o público, afinal “a voz do povo é a voz de Deus” como dizem os grandes poetas brasileiros.”

Caralho velho, de onde saiu isso. Vamos lá, Kwellada também é cultura.

Na Grécia antiga os seguidores do Deus Hermes perguntavam à estatua do seu Deus o que eles queriam saber. Depois cobriam as cabeças com mantos e as primeiras palavras que ouvissem eram consideradas as palavras do Deus Hermes. Foi assim que surgiu a expressão “vox populi, vox Dei”, ou seja, “A voz do povo é a voz de Deus”. Poetas brasileiros de cu é rola!

“Na WCW tínhamos grandes wrestlers, de lá vimos nascer Eddie Guerrero, Jericho, Dean Malenko, Rey Misterio, entre outros.”

A não ser que WCW seja o nome de alguma maternidade, NENHUM dos citados acima nasceu na WCW, já eram wrestler conhecidos. Chris Benoit era uma lenda no Japão, Dean Malenko não menos, Eddie Guerrero foi o Black Tiger II, Jericho e Mysterio se destacaram muito na ECW e também lutaram no Japão. Seria a mesma coisa que sair por aí dizendo que o CM Punk, Mr Kennedy, MVP, Topo Gigio e o Fofão nasceram na WWE.

“…um Main Eventer tem que ser capaz de entreter com o microfone em mãos, ser bom em vendas, e por acaso Jericho, Eddie, Dean, ou Rey faziam algum sucesso com este tipo de mundo? A resposta é não, correcto?”

Errado de novo filhão. Chris Jericho se destacava no microfone desde os tempos da ECW, ele fez vários segmentos na WCW. As expressões “Welcome to Monday Night Jericho”, “Jerichoholics” etc… Já existiam desde a fed do Ted Turner. Acontece que na WCW todos esses lutadores citados faziam partes da divisão de cruisers, por serem anões é óbvio, mas a divisão de cruisers por muito tempo foi o carro chefe da WCW, tanto é que a WWF criou a divisão lightheavyweight para tentar rivalizar com a divisão de cruisers da WCW. O que não deu certo talvez porque o nome era gigante demais!

Como diziam os poetas brasileiros na Grécia... "vox populi, vox Dei"

“Se pegarmos o card do Summer Slam de 2006 e compará-lo ao do Backlash deste ano, por exemplo, iremos notar uma diferença muito remota, talvez na ECW Championship Match, e a falta de 2 ou 4 wrestlers – no máximo.”

Eu fiquei me perguntando se o cara deu mesmo uma olhada na merda do card do Summerslam 2006 ou se ele não confundiu o PPV com outro. Porque vejamos o card do Summerslam 06.

O main event do RAW foi Edge vs John Cena, ok, ponto para o crônista, é exatamente o mesmo main event do Backlash 2009, mas o main event do Smackdown foi Batista vs Booker T, o Mussum nem na WWE está mais e o Botchista mesmo estando no main event não lutava pelo titulo. No ECW tivemos Sabotch vs Big Slow, além de Dx vs Mcmahons, Hulk “artrose” Hogan vs Randy “Robotico” Orton, Mick Foley vs Ric Flair e Chavo Guerrero vs Rey Mysterio. Apenas 6 wrestlers que estavam no Summerslam lutaram também no Backlash 2009. Batista, Triple H, Randy Orton, Edge, Shane Mcmahon e John Cena. De onde surgiu essa idéia de que os cards eram iguais? Tá louco porra!

“Essa invenção de pay-per-views multibrand acarretou na monotonia, a certeza que em X pay-per-view teremos tais combates, o que acaba por tirar o prestígio do evento, que no caso são as mesmas lutas do pay-per-view 1 ano mais antigo e não se mudou muitas coisas. Quando digo que um card não muda, quero me referir aos Main Eventers da WWE, continuam sendo os mesmos…”

Se pegarmos também main events da tão celebrada Attitude Era dificilmente veremos combates que não envolvam um numero restrito de lutadores. Os main events da Wrestlemania 15 e 17 são ambos The Rock vs Steve Austin e se o Austin não estivesse encostado em 2000 seria arriscado que nesse ano fosse também o mesmo main event.

ocio7

“Será então, que estamos presenciando um Dejá Vu do que um dia foi a WCW, e estamos a ver a WWE a cometer o mesmo erro que a WCW cometeu um dia, ou a fase de transição entre uma época a outra, e esta consolidação dos Main Eventers sirva apenas, e somente, para dar um nome a eles e encerrar a carreira por grande? Há qualidade de sobra no midcard, será então que a WWE saberá aproveitá-la? Eles irão permanecer até este dia chegar?”

No fim eu acabei não entendendo muita coisa, qual o erro que a WWE está cometendo? Contratar o Russo? Gimmicks toscos? Repetição de main event? Durante todo o texto o autor cita várias teorias sobre a queda da WCW mas não deixa claro qual foi a razão, nem deixa claro qual a sua opinião, mesmo dizendo que a razão não vem ao caso (óbviamente porque não sabe a razão). Então também não fica claro no que a WWE está errando a semelhança da WCW.

Isso aqui é só uma prova do que eu venho falando, essa história de crônista é balela, furada pra caralho. A maioria dos caras que escrevem coisas por aí não entendem porra nenhuma do que estão falando. É dificil encontrar alguém que consiga aliar requisitos básicos como dominio do assunto e da escrita. Quando o cara então faz uma salada dessas com déja vu, filosofia e Vice Russo fode tudo.

Eu sei que o autor da crônica frequenta esse blog, vai ficar puto. Mas pense, essa é só uma critica destrutiva, com intenção de fazer você piorar ou parar de escrever essas merdas, portanto não leve a mal.

Tem gente que cai muito facil na labia!

Tem gente que cai muito facil na labia!

Para maiores

maio 25, 2009

Apesar do Vince Mcmahon querer direcionar o seu produto para um público que englobe todas as idades, mas a luta livre ainda não perdeu o seu cunho sexual!

Eu prefiro não imaginar a cena!

Eu prefiro não imaginar a cena!

Enquato isso…

O Batista é "botcha", esquece!

Mas não para por aí…

Alguém tem fantasias com a sunga do Batista!

Alguém tem fantasias com a sunga do Batista!

A coisa fica pior ainda quando arriscam uma tradução!

Cuidado com o homem da bunda!

Cuidado com o homem da bunda!

Desse jeito vai ficar muito dificil o Vince conseguir seu objetivo!

Esse post é um oferecimento aos serviços de aconselhamento Dayaninha!

O Expert – Capitulo 3

maio 25, 2009

Olá amigos, começo de semana, voltamos com mais um capitulo da nossa série, o expert. E nessa semana trataremos de um tipo muito complexo de expert. O expert em TNA.

O expert em TNA se divide em duas facções, o incondicional e o old school. Como a maioria dos fãs de luta livre, o fã de TNA começou assistindo WWE, não tem como ser diferente, um dia inevitávelmente ele acaba tendo contato com a nova federação. Inevitavelmente porque se alguém não indicar a TNA a ele, a pessoa acaba vendo em algum fórum, relacionados no youtube, ou coisa parecida. Mas no fim não há como evitar, de uma forma ou outra ele vai acabar assistindo TNA.

O old-school já fez esse caminho a um tempo atrás, entre os anos de 2005 ou 2006, pegou a chamada fase de ouro da X-Division. Esse expert se torna uma criatura assustadora. O cara ainda está no tempo em que a empresa de Orlando se confudia com uma federação indy, ele é praticamente um daqueles caras que ficam na primeira fila gritando TNA. Uma lagrima corre do olho do old-school todas as vezes que ele relembra de AJ Styles vs Petey Willians, Daniels vs Joe vs Styles, ou lembra dos tempos aureos da LAX. O old-school ainda assiste TNA, mas ele odeia todas as vezes que anunciam que a TNA contratou algum ex WWE e rompeu contrato com um dos seus high-flyers. Assiste os PPVs ainda para ver os combates da X-Divison, sente que não são mais os mesmos, mas ainda adora os spots que são cada vez mais raros. Tem ódio profundo pelo Booker T, quer ver o Kevin Nash no inferno, nem mesmo quando a TNA lhe dá um resquicio de HARDCORE CARALHO ele se conforma, quer que alguém pule do alto de um prédio pelo menos, só isso vai lhe trazer aquela velha federação que ele conheceu a alguns anos atrás.

Mas se tem alguém que é o inimigo numero 1 do old-school, esse cara se chama Vince Russo. Ele só podia se chamar Vince pra ter destruido a sua amada federação. Deve ser um espião do Mcmahon, infiltrado em Orlando pra fazer a TNA quebrar e ser comprada pelo Vinnie O’Mac!

O incondicional já é diferente, ele pode ter conhecido a TNA tanto a alguns anos atrás como ontem, mas ele tem sempre a mesma opinião. A TNA é melhor que a WWE.

Esse tipo de fã sonha que a TNA seja uma WCW, mesmo sabendo que a WCW se destruiu no meio do caminho. Ele tem uma adoração por qualquer coisa que a TNA apresente, os nomes gigantes das estipulações estranhas, as 300 gimmicks matches por semana, os semi-aposentados da WWE, etc…

O incondicional está ali sempre no Orkut tentando novos adeptos para sua seita. Vira e mexe ele quer deixar claro uma unica questão, a TNA é melhor que a WWE. O CM Punk, Brian Kendrick, Paul London, Funaki, Jobber Alpha e até Mozart deviam ir para TNA, lá sim eles seriam respeitados, dariam certo, se bobear até ganhariam mais. Ele quer que o wrestler que ouse deixar a TNA e ir para a WWE morra afogado em um poço de merda. Christian? Nem fale nesse maldito perto do cara. O Vince quer destruir a TNA, e a TNA ficou na frente da ECW na ultima semana… Viva!!!

Wrestling_Fans

GLMPV. A WWE brasileira!

maio 23, 2009

Quando eu era pivete eu costumava imitar meus idolos. Junto aos meus amigos passavamos oras fingindo ser Luke Skywalker, Han Solo, Lando Calrissian, Darth Vader… Etc. Na verdade passavamos mais tempo discutindo quem era quem. Naquela época não tinhamos internet, logo não públicavamos as nossas brincadeiras para todos verem. Aliás quando aparecia alguém estranho sempre tentavamos disfarçar, mesmo que estivessemos com cabos de vassouras em mãos, ou toalhas enroladas em volta do pescoço.

Mas tudo não passava de brincadeiras e tinhamos consciência disso.

Hoje em dia é diferente, com a internet, até brincadeiras de fundo de quintal viraram coisas de dominio público. No caso do wrestling uma coisa que já existe a muito tempo ficou muito mais evidenciado. O Backyard Wrestling. Hoje em dia ficou muito fácil divulgar a “luta livre no quintal”, com o youtube então você pode postar seus videos se quebrando em colchões, em ringues improvisados. Alguns gostam, outros não. Alguns tem qualidade, a maioria não. Ou você pode simplesmente fazer um blog e usa-lo para divulgar a sua federação de luta. Como fizeram os nossos amigos da GLMPV.

Eu não sei que raio significa isso e não me arrisco. Mas olhando apenas os poucos posts que estão blog da “federação” eu me arrisco a dizer que temos no Brasil a pior fed de Backyard Wrestling do mundo!

O Fantastico Gois Mystério!

O Fantastico Gois Mystério!

Vejam só o Gois Mystério, até agora o maior mistério é descobrir que pose é essa para a foto. Mas o que mais me chama a atenção é a idade do pivete. Convenhamos, um menino de 7 anos devia ficar assistindo luta livre pra depois querer dar uma de lutador?

Agora dêem uma olhada na descrição que fazem do Gois Mystério!

Muleque forte!!!

Muleque forte!!!

Prestem a atenção nesse guri, pra ter essa força toda, ou ele tem algum tipo de poder sobrenatural ou a mãe dele entope ele de Biotônico.

Mas não para por aí.

... Ninguém tem nada a declarar sobre esse!

... Ninguém tem nada a declarar sobre esse!

Vai nessa filhão!!!

Vai nessa filhão!!!

O meninão quebra o braço e não aprende. Vai ter que quebrar o que agora?

Você não mi ve...

Você não mi ve...

Esse menino tá com tanta vontade de voar que ainda vai dar merda!

Agora tentando falar um pouquinho sério…

Não consigo!

Esse post é um oferecimento da comunidade WWE – Bob Vam Dame!

Boa champ!

Boa champ!

Agradecimentos ao Raphael Thadeu do PLL e também colaborador aqui do Universo Noob.

Crônicas e mais crônicas…

maio 22, 2009

Como eu já abordei em outro tópico o universo de cronistas na IWC é tão ruim quanto vasto. Nos comentários os meus amigos fizeram constatações que eu não havia pensado, um exemplo é que cronista que é cronista tem que falar do Montreal Screwjob. É só fazer uma pequena pesquisa na comunidade do Orkut que pipocam crônicas inúteis para descobrir que essa constatação é verdadeira.

Ok! Vince screw Bret!

Ok! Vince screw Bret!

... Um pouquinho mais de screwjob!

... Um pouquinho mais de screwjob!

O screwjob é um assunto corrente, fácil de se tratar, afinal existem vários artigos internet afora que tratam disso. O pior é quando o cara não tem o minimo dominio do assunto que pretende tratar.

Fica dificil entender um parágrafo inteiro sem nenhuma virgula.

Fica dificil entender um parágrafo inteiro sem nenhuma virgula.

Um chokehold tanto pode matar que matou. Né filhão!

Um grande passo para o sucesso é a sinceridade.

Esse é o meu voto!

Esse é o meu voto!

É isso aí filhão!

É incrivel como hoje em dia é dificil encontrar apoio!

Maldade!

Maldade!

E para finalizar. Um pouquinho de indignação!

Eu também não assisto!

Eu também não assisto!

Pronto. Podem xingar!

Revolta!

maio 21, 2009

As pessoas andam muito revoltadas hoje em dia. Não sei o que é, parece que todo mundo está sendo contaminado pelo mau humor do Igor (piada interna da WW BRASIL) ou simplesmente é um novo mal da humanidade. A luta livre que é um esporte criado exclusivamente para divertir as pessoas acaba no fim deixando as pessoas de mal humor.

Veja só essa pobre fã do Jeff Hardy (suponho que seja uma menina) tendo seu domingo estragado pela WWE.

Pobre Jeff!

Pobre Jeff!

Semana arruinada!

Semana arruinada!

Ainda falando sobre o ódio no coração dos fãs de pró-wrestling… Alguns desenvolvem até um instinto assassino!

Muito ódio no coração!

Muito ódio no coração!

Eu só fiquei com uma duvida: Que raio seria um “comedo”?

Outra coisa que anda acabando com o humor dos fãs de luta-livre é a ECW.

Falta o HARDCORE CARALHO!!!!

Falta o HARDCORE CARALHO!!!!

Pra finalizar a “Sessão ódio”…

Ok!

Ok!

Eu sou um crônista!!!!

maio 20, 2009

Eu vou começar esse texto com uma pergunta.

O que define algo?

Complicado né? Eu vou tentar me fazer entender.

Eu tenho por costume ler Rubem Alves, um crônista que eu gosto muito. Tem textos inteligentissimos, com ótimas metaforas, coisas que fazem você parar pra pensar. Rubem Alves é escritor, teologo, psicanalista e educador. Tem cacife para escrever, tem atributos que atraiam um leitor como eu.

Rubem Alves

Rubem Alves

Eu gosto de ler também o Mr Manson do Cocadaboa. Quando ele costumava escrever textos para o seu site, além dele, haviam colaboradores que postavam textos diversos, engraçadissimos, mas todos inteligentissimos. Mas eu nunca chamei nenhum dos caras do Cocadaboa de crônistas, pra mim são apenas caras com bom textos.

Voltando ao Rubem Alves, ele sim é um crônista, o seu curriculo o define como um crônista. Existem crônistas bons, crônistas ruins, mas em comum todos eles tem vivencia para escrever, serem crônistas e não apenas “escrevedores de textos”. Ok, que porra que o cu tem a ver com as calças.

Eu não bebi, pelo menos não a essa hora. O problema é que na nossa IWC, qualquer louquinho que se preste a escrever um texticulo qualquer se auto-denomina cronista e não são poucos.

Observe o que acontece se você pesquisar crônica em uma comunidade de luta livre qualquer!

Observe o que acontece se você pesquisar crônica em uma comunidade de luta livre qualquer!

Por exemplo, eu não sou um blogueiro, eu mantenho isso aqui como uma brincadeira, para me divertir com os amigos de comunidade e quem estiver fora dela e se prestar a ler também, ok, agradeço. Mas eu não tenho o menor dom para isso, me atrapalho todo com as ferramentas do wordpress, não tenho nem os dons de colocar um layout decente aqui e olha que sou programador, não trabalho com web, mas essas tags não deveriam ser problemas pra mim.

O que faz um garoto que nem escrever sabe, muito menos sabe o que a palavra crônica significa se auto-denominar um cronista? E pior, praticamente nos obrigar a ler essas merdas pois elas estão espalhadas por aí aos montes. É claro que existem poucos com algum potencial, não vou citar ninguém, já disse que a intenção aqui é destruir e não elogiar.

Se você tem por exemplo um “brog” é natural que se tenha alguém que fique responsável por bolar textos, que levante questões sobre o mundo do wrestling. Que crie coisas que sejam ou para se pensar, ou para divertir. Por incrivel que pareça existem coisas na luta livre que beiram a filosofia. Agora quando metade da comunidade começa a escrever textos a revelia e chamar de crônica, aí amigo, fudeu geral.

Os blogs brasileiros tem um sério problema. Quando eu lia as “crônicas” dos blogs tugas, mesmo que você discordasse da opinião, mesmo que o cara que tivesse escrevendo não entendesse muito do assunto, havia um compromisso com o formato, existia ali um potêncial para um crônica. Agora nos blogs brasileiros… Nem compromisso com a lingua portuguesa existe.

Com todo respeito. Vai chupar um gordo!

Com todo respeito. Vai chupar um gordo!

Se algum leitor desse blog já escreveu algum texto sobre o estado atual da ECW, sobre o John Cena ou sobre o casamento do Triple H com a Stephanie… Sabia de uma coisa, você não é um cronista, está bem longe disso. Em uma escala Raquel de Queiroz você consegue ficar abaixo da Maitê Proença, e acredite, isso é muito ruim!

"Crônica" inédita sobre a ECW.

Obrigado por lerem a minha crônica!

Rapidinhas!

maio 19, 2009

Os fãs brasileiros de luta livre me surpreendem a cada dia. Veja só esse cara que “se pegou pensando” e chegou a uma incrivel conclusão!

Será que passa WWE na India?

Será que passa WWE na India?

Abre o olho Lula!

….
Um movimento encabeçado por mim quase acabou com a WW BRASIL, afinal naquela altura se todo mundo desistisse da WWE o que fariamos na comunidade?

Iniciando o movimento!

Iniciando o movimento!

Todo mundo aderindo!

Todo mundo aderindo!

Até João o "Noob-mor" se solidarizou!

Até João o "Noob-mor" se solidarizou!

….
E pra finalizar… “Momentos com Stone Cold” by Day… Ops! Vampirinho!

Você pode assinar a minha merda????

Você pode assinar a minha merda????

“I am ancioso…comoéqueseasxenatxionanexeMeuDeus!!!!”