Archive for junho \29\UTC 2010

A Paçoca do Poposa

junho 29, 2010

E aí seus viados que insistem em ler essa porra, chegou a hora da coluna mais bagaceira do Universo Noob, a Paçoca do Poposa. E nessa edição eu vou abordar sobre um dos assuntos que eu mais curto. Eu vou falar sobre guerra.

Guerra, conflito, briga e sangue… É disso que o papai Poposa aqui gosta e nesse mundo da luta livre o que mais existe é guerra. E eu não to falando da porra do RAW is War não, eu to falando do pega pra capar mesmo. É quando o bicho pega nessa porra. Nessa edição da Paçoca eu vou abordar algumas recentes guerras que vem ocorrendo recentemente.

Monday Night Wars 2.0

No começo do ano teve neguinho achando que uma nova guerra de audiência iria começar. Afinal as duas grandes empresas da luta – livre mundial passaram a ter seus principais shows exibidos no mesmo horário, nas segundas feiras. Péraí… QUE PORRA DE DUAS GRANDES EMPRESAS O QUE? Só existe uma grande empresa nessa porra, a outra é uma empresa de merda de fundo de quintal. Essa é a verdade, essa bosta de TNA é só um depósito de velhos acabados, demitidos da WWE ou semi – aposentados que estavam por aí mofando desempregados. VÃO TOMAR EM VOSSOS CUS quem acreditou nessa porra de guerra de audiência, Monday Night War 2.0 é meu pau bem duro. A merda da TNA sentiu a trolha entrando fundo e pediu arrego, se cagaram e correram. Vamos pra próxima!

Michel Serdan vs Palhaços

Michel Serdan, o maior lutador do Brasil, empresário e publicitário resolveu meter a boca e denunciar a palhaçada que acontece nos blogs brasileiros onde o assunto é luta – livre. Neguinho ficou revoltadinho aí, vestiu a carapuça e andou esbravejando pelos quatro cantos. Pois eu digo uma coisa… VÃO TOMAR NO CU TODOS VOCÊS. Agora neguinho vem chorar dizendo que o Michel tá desvalorizando o trabalho de todo mundo, que ele pratica necrofilia só porque emprega seus parentes. A federação é dele e ele emprega quem ele quiser nessa porra. Aliás, se tiver um empreguinho pra mim eu aceito viu Michel. Eu sou ótimo redator, posso escrever as promos de seus programas.

Pior da luta livre vs Universo Noob

O viadinho do Swagger resolveu fazer um artigo sobre essa merda de blog, uma imitação barata do Universo Noob. Pra vocês terem uma idéia da mediocridade. Os caras ficaram putos e resolveram contra-atacar, procurando erros aqui no UN. VÃO TOMAR NA PORRA DO CU DE VOCÊS. Nem pra isso vocês prestam, encontraram umas expressões que não conheciam porque ficam trancados em casa batendo punheta e saíram postando dizendo que eram erros do UN. BANDO DE CUZÕES DO CARALHO, O que mais tem nessa porra de blog são erros de gramática, se vocês prestassem para alguma coisa encontrariam facilmente.

A puta da sua mãe existe!

Vem que eu te mostro como se carca seu Zé Buceta!!!!

E isso não é o pior. Os merdinhas deixaram nos comentários pedidos de parceria com UN. PARCERIA É O MEU PAU SEUS FILHOS DE UMAS PUTAS. Aqui a parada é guerra, ninguém aqui que parceria com um bando de mongolóides feito vocês não. VÃO CHUPAR UMA PICA BEM GROSSA.

WW BRASIL vs WWE Attitude

VÃO TOMAR NO OLHO DOS SEUS CUS!!!!!

Eu tenho que xingar esses bostas antes de qualquer coisa. Todo mundo sabe que nessas duas comunidades de merda só tem membros de merda. Os moderadores são de merda e os donos são de merda. Um é viado e a outra é sapatona. Então se eles estão brigando eu quero é mais é que se explodam juntos. Bando de cuzões ficam fazendo guerrinha de comunidades… PORQUE NÃO MARCAM UM CONTRA LOGO e saiam na porrada por aí. Se porrem até que não sobre nenhum inútil pra contar história.

E agora para terminar, como o Kwellada não gostou do meu novo quadro “Poposa Responde” e vou incorporá-lo à paçoca e vou responder as perguntas e os comentários deixados na outra postagem aqui mesmo.

Marcos Martins escreveu: Ah vai achar o que fazer seu bosta. Só por favor, faz qualquer coisa menos charge….

Poposa responde: Beleza, agora vou trabalhar com fotografia. Vou começar publicando aquelas fotos que eu tenho suas com o Vampetoca seu pau no cu!

T Bag escreveu: Poposa sempre coerente com os comentários. Sempre seguindo a linha do xingamento. Só esqueceu-se de responder a pergunta do T-BAG.

Poposa responde: Seja lá qual for a pergunta, a resposta é: Vai pra puta que te pariu!

Magnus escreveu: Ri mais, vendo o zorra total do que esse quadro.

Poposa responde: Ri mais vendo a sua mãe pelada do que com esse comentário!

João da Silva perguntou: Quem seria Raphosa? Até o Carlos posta melhor que você seu merda!

Poposa responde: Raphosa é a cabeça do meu caralho. Vai tomar no cu você, esse tal de Carlos e a puta que te pariu!

As Crônicas do Mark – This is Kayfabe!

junho 24, 2010

Olá colegas noobs, eu sou o Mark, o melhor cronista da blogosfera mundial e estou muito feliz porque o Kwellada renovou meu contrato por mais um mês. Hoje eu vou falar um pouco sobre um dos grandes segredos da luta – livre, o fator que torna esse esporte diferente de qualquer outra modalidade de luta, o kayfabe.

Mais um crônica quentinha pra você!

Para os mais noobs que não entendem de luta como eu entendo eu vou antes de tudo explicar do que se trata o tal do kayfabe.

A palavra kayfabe é junção do sufixo grego “kay” com a palavra fabe, ou seja, kayfabe é quando uma coisa parece que é de verdade, mas é de mentirinha. E a luta-livre também é assim, parece de verdade, mas na verdade é de mentirinha. Meu pai sempre me dizia que luta – livre era de mentira, ou seja, era kayfabe, mas eu nunca acreditei, mas ontem eu li na wikipédia que o Undertaker não tava morto de verdade e que tudo aquilo era kayfabe, foi aí que eu entendi a coisa direito.

Todo mundo é enganado pelo kayfabe

No fim tudo na luta livre acaba sendo marmelada, quando algum lutador está muito nervoso com o outro e quer acabar com a raça dele seja no ringue, seja fora dele, é tudo kayfabe, na verdade eles são muito amigos na vida real. O Orton e o meu grande idolo John Cena, por exemplo, são grandes amigos, eles até brincam de esconde – esconde e pega-pega ajuda-ajuda nos bastidores.

Cena e Orton vivem quebrando o kayfabe juntos

Os golpes também fazem parte do kayfabe, assim como foi a passagem do Vampeta pelo Flamengo. Eles fingem que batem e o outro finge que apanha. Eu não tenho muita certeza disso, porque os golpes do John Cena me parecem muito verdadeiros, principalmente o FU, que é altamente destrutivo e executado com maestria pelo maior de todos os tempos.

Às vezes o kayfabe é tão perfeito e bem executado que nós chegamos a confundir aquilo com a realidade, eu, por exemplo, demorei uns 20 anos para notar. Um caso muito recente foi a demissão do Daniel Bryan, que é puro kayfabe, na verdade a WWE o afastou momentaneamente para criar um gimmick novo: O currador de ring announcers. Ele segura pela gravata e craw!

Fã de Daniel Bryan denunciando o kayfabe

Outro kayfabe muito conhecido foi o Montreal Screwjob. Na verdade já estava tudo combinado entre o Vince, Bret e HBK. Tanto é verdade que um dia o Bret tomou umas a mais e acabou revelando ao Goldberg que era tudo uma mentirinha e isso acabou custando a carreira do Hitman.

A streak do Undertaker também é um grande kayfabe da luta-livre mundial. Ele perdeu a invencibilidade para o Batista na Wrestlemania 23, mas o público protestou e a WWE resolveu regravar a luta. Pouca gente sabe, mas os PPV’s da WWE são transmitidos com uma hora de atraso, para apagar eventuais erros. Logo os PPV’s também são kayfabes, e os erros também são kayfabes, eles os criam para que ninguém desconfie da perfeição dos movimentos.

Batista levanta seu cinturão após vencer Undertaker na Wrestlemania 23

A morte do Owen Hart também é kayfabe, ele simulou a própria morte para pegar o dinheiro do seguro. Hoje ele vive no Brasil e de vez em quando faz aparições em programas de TV como a Praça é Nossa por exemplo.

Owen de vez em quando aparece no programa A Praça é Nossa

Um kayfabe que causou muita polêmica foi o pedido de demissão de Shane Mcmahon, filho do patrão. Até hoje eles tentam manter o kayfabe fazendo com que ele se mantenha desempregado. Mas logo a verdade virá à tona e ele voltará a companhia.

Em contra-partida o existe um grande quebrador de kayfabes na WWE, o maior crápula da história da luta-livre HHH. Levesque já cometeu esse pecado várias vezes. No MSG por exemplo, quando entrou no ringue para abraçar Scott Hall e Kevin Nash que eram seus amigos, mas oponentes no kayfabe. Teve um romance homosexual com a Chyna, sendo que o envolvimento deles era kayfabe. Fez o mesmo com a Stephanie Mcmahon, tendo inclusive se casado com a mesma.

Anões influenciados por HHH mostram o kayfabe

Mas dizem que o maior kayfabe da história foi mesmo a famigerada Votupomania, o evento tão alardeado pelo patrão impiedoso é um kayfabe daqueles. A população de Votuporanga chega até a ficar com medo só de ouvir o nome Votupomania, é uma lei do silêncio total. O ultimo que se atreveu a tentar revelar o segredo da Votupomania vive em um hospicio e quando tem acesso a um computador, posta asneiras circenses na internet.

Jaca Paladium garante a existência da Votupomania versão Nova Zelândia

Taker’s Lounge – A Feud

junho 19, 2010

Olá pessoal, sou Nathanael Gusmão e estou aqui para mais uma crônica. Hoje falarei de um assunto que está percorrendo muito no mundo do wrestling, todo mundo está comentando, querendo saber o motivo, e se preocupando com os rumos desse fato. Isso mesmo, estou falando da guerrinha entre a WW Brasil e a WWE Attitude.

É briga!!!!!

Olá pessoal, sou Nathanael Gusmão e estou aqui para mais uma crônica. Hoje falarei de um assunto que está percorrendo muito no mundo do wrestling, todo mundo está comentando, querendo saber o motivo, e se preocupando com os rumos desse fato. Isso mesmo, estou falando da guerrinha entre a WW Brasil e a WWE Attitude.
Um dos grandes motivos pelo qual o pessoa da WWB odeia tanto a Attitude é devido a arrogância. Na WW Brasil, o pessoal acha que sabe mais sobre wrestling, e como eles mesmo dizem, a Attitude só tem noobs e que o conhecimento que temos é tudo do Wikipédia. Isso não é verdade, pois, em ambas comunidades o entendimento de PW é o mesmo, a prova disso é que na Attitude existem fakes de wrestlers que pouca gente conhece, como por exemplo o MASADA. Outra coisa que prova isso é o nosso vasto conhecimento sobre lendas do passado, que hoje em dia não são tão famosos assim. Esse é o caso de Sting, eu sei que ele está hoje em dia na TNA, já foi três vezes World Heavyweight Champion e no momento é heel e está feudando com Hulk Hogan, Jeff Jarrett e RVD. Uma coisa que ninguém sabe, é que Sting no passado foi um músico inglês. Natural de Wallsend, em North Tyneside, antes de sua carreira de wrestler solo foi o principal compositor, cantor e baixista da banda de rock The Police. Vendeu ao longo de sua carreira mais de 100 milhões de discos,[1] e recebeu dezesseis Prêmios Grammy por seu trabalho, incluindo o seu primeiro, por “melhor performance instrumental de rock”, em 1981, e recebeu uma indicação ao Oscar de melhor canção original.

Sting(direita) com seus ex-companheiros de banda.

Por falar em fake, esse é um dos grandes motivos de zoação por parte dos caras da WW B. Qual é pessoal? Qual é o problema de ter fakes? É a maneira que temos para nos expressar sendo outra personalidade, alguém que admiramos, um modelo para nossas as vidas e futuro. Se todo mundo fosse fake no Orkut, existiria mais respeito, pois não veríamos sexo, cor e nem cara, e todo mundo conversaria de igual para igual. Eu por exemplo tenho dezesseis fakes ,e quando posto com eles todo mundo me respeita e responde, mas quando posto com o meu perfil original (o off) ninguém da bola e passa batido pelos meus posts. Isso acontece, pois, todo mundo prefere responder para alguém famoso, vai que não é fake não é?

Eu nunca consigo resposta com meu perfil verdadeiro.

Motivo de grandes brigas também foi o Backyard. Ser wrestler profissional é o sonho de muita gente. Dormimos pensando em ser wrestlers, acordamos pensando e passamos o dia imaginando como é estar em um ring com milhares de pessoas te assistindo. A nossa única solução é tentar entrar no meio pelo Backyard, que são as famosas lutas de quintal entre amigos. Na WW Brasil todo mundo é macho, pois não fazem backyard, são todos heterossexuais e fodões, não é? Ah, mas jogam uma peladinha, com os primos, com os amigos, no quintal de casa, sem camisa, e ainda por cima postam foto no Orkut. Qual é a diferença? Em ambos os casos estamos fazendo o que gostamos e praticando o esporte que assistimos, seguindo um sonho. Ah sim, eu sei qual é a diferença. É que futebol é bem visto no Brasil, quem pratica é foda, já o Wrestling, quem pratica é mal visto, pois não existe fama. É por isso que acredito que devemos praticar para aumentarmos a fama desse esporte maravilhoso, é como se fosse um marketing. Querendo ou não, a Brazfest foi um evento muito importante, colocou o Wrestling em evidencia. Eu tenho certeza absoluta que um dia o Brazfest será o Wrestlemania Brasileiro e wrestlers do mundo inteiro lutarão aqui. Então, vem uns retardados, que não preciso falar o nome, e começam a xingar o nosso trabalho. Vá se catá!

Como se não bastasse, eles falam que ficamos observando seus posts e anotando tudo que não gostamos. Vocês acham que somos assim é? Perder tempo vendo as merdas que vocês postam? Nunca, tenho mais o que fazer. Eu sinceramente odeio todos moderadores de lá… o demente daquele moderador chamado Floyd… Sim, eu falo mesmo, o demente do Floyd, fica postando fotos nossas dizendo que quer dar soco em nossa cara. Quer dar soco na nossa cara? Vem tentar então, babaca, aposto que não agüenta uma Iron Man de 30 minutos comigo, seu cagalhão. Tem aquele “japa” chamado Cruor, nem assiste wrestling e quer ser moderador. Só entende daquela desgraça de SHIMMER, só luta de diva ruim que não foi contratada pela WWE. E o que falar do Raphael Tadel? Nome com PH? Que coisa mais arcaica. Vai assistir ROH, vai upar no youtube os programas semanais vai, seu xarope. O Paulo é outro que é hipócrita, tem vários fakes e fica falando mal da gente na WWB. E agora, os que eu mais odeio de todos: João e Kwellada. Eles banem e recusam todo mundo que é da WWE Attiude, não deixam ninguém falar e se acham os bambambans. O João fica postando foto de lésbisca e falando de suas vizinhas gostosas, é o maior tarado, e fica o dia todo tirando foto de seus bonecos da WWE. Não tem mais o que fazer não? Já o Kwellada só viaja e fica falando de quando ele se embriagou em show de rock, mesmo tendo 50 anos de idade. Como se não bastasse, ainda cria um blog para zoar a gente da attitude e o pessoal que quer elevar o wrestling no Brasil. Odeio todos vocês de coração.

Dono da WW B domando dragões em festa trash.

Desculpem o desabafo pessoal, na verdade eu não odeio todos vocês não. Eu queria só ser respeitado, poder andar livremente pelas comunidades que eu gosto, falar do que eu gosto etc. O mundo hoje em dia está muito repreensivo, as pessoas julgam demais umas as outras, ninguém deixa o outro ter plena liberdade de expressão. Isso é muito triste, pois já lutamos muito por nossa liberdade política, e de repente temos uma regressão social onde ninguém ouve ninguém e todo mundo só quer falar sobre aquilo que lhes convém. Mulheres lutaram por sua liberdade, negros lutaram, vietnamitas lutaram. Será que agora nós, pessoas normais, vamos ter que lutar também? Isso é muito triste, é como se estivessem reerguendo o Muro de Berlin novamente. Por favor, nos dêem uma trégua, vamos tentar a paz. Assistam o nosso backyard, aceitem nossos fakes, e o mundo ficara mais feliz. Os pilotos kamikazes da segunda guerra agradecerão… Façam isso em nome dos Judeus. Paz.

Vamos nos unir familia!!!!

Bom, é isso pessoal, espero que tenham gostado, e tenham entendido a minha mensagem. Comentem ai por favor, e aguardem minha próxima crônica.

Serdanclopédia – Michel Serdan

junho 17, 2010

Noobs do noob universal, acá estou de volta, Manoel Serdan! Eu não queria ter que escrever essa Serdanclopédia, mas meu patrão piedoso disse que eu sou contratado para trazer a informação, independente de quem seja a fonte. Como sou o encarregado de contar histórias da luta livre mundial tiradas do livro do clã Serdan, tenho que cumprir meu dever. E hoje eu vou falar de ninguém mais, ninguém menos, que meu próprio primo, Michel Serdan!

Pessoal

Michel Serdan nasceu Antonio Carlos de Aquino. Veio ao mundo na cidade de São Paulo, capital do estado homônimo, no ano de 1843. Em sua certidão de nascença, há a data de 5 de fevereiro como o dia de sua vinda ao mundo, mas minha tia Aquinóstica garante que o gajo nasceu mesmo foi no dia 30 de fevereiro, data que só aconteceu uma única vez na história. Como ele não poderia mais completar anos, resolveram antecipar em 23 dias a data de sua rebentação e documentar tal farsa. Eu costumo acreditar na tia Aquinóstica, pois era ela quem fazia partos nas ruas na década de 1843 e este foi um dos mais célebres partos de sua carreira, pois a tia teve um acidente após o nascimento de seu sobrinho, que deu-lhe um torce-braço tão violento que arrancou-lhe a mão. Após isso, tia Aquinóstica teve que fazer partos com a boca. Ali, já podíamos ver que Michel seria um astro da luta livre.
Sua mãe, dona Aquino, o mandou para o Seminário dos Padres Salesianos de Dom Bosco. Tencionava minha tia que ele virasse padre, depois bispo, arcebispo e chegasse a papa. Porém, Toninho Carlos (como era conhecido em casa) reclamava que alguns padres ordenavam aos internos que tirassem as roupas e dançassem vendados em cima de cones enquanto levavam palmadas no bumbum com réguas roliças. A mãe não deu bola aos reclames do menino e ele resolveu aprender judô para escapar das aulas de dança nua. Em apenas 6 anos, o menino Aquino já era faixa preta e resolveu rumar para outra modalidade de luta.

Braço de ferro, luta livre e título sulamericano

Quando tinha 15 anos de idade, Antonio Aquino resolveu participar de uma competição de braço de ferro patrocinada pela TV Gazeta. À época, esta emissora detinha os direitos de transmissão do campeonato brasileiro de braço de ferro da FBQB (Federação Brasileira de Queda de Braço) e o menino Antonio Aquino levantou a taça e abaixou os braços dos oponentes, se tornando o campeão mais jovem da história deste esporte no Brasil. A sorte de meu primo é que havia um lutador argentino vendo o campeonato, de nome Caruso. Este perguntou se Aquino gostaria de fazer luta livre, pois seu estilo pouco ortodoxo nas mesas de braço de ferro era tudo o que um empresário procura num aspirante a astro da luta livre mundial. Aquino aceitou e, no dia seguinte, já estava à porta da academia. Só que a academia só foi inaugurada uma semana depois e o pobre Aquino dormiu na rua esse tempo todo.
Treinando com afinco, Antonio Aquino ganhou o mundo. Após derrotar Cara de Boi, Aquino conseguiu vaga no torneio sul americano. Ele ganhou não só a taça de campeão sul americano de luta livre em quadrilátero como também ganhou uma bolsa de estudos na famosa academia de Antônio Enoki no Japão, a Enoki Tsunami Fujiama Toyota Nikon School of Puroresu. Lá, Aquino encontrou um mestre, que o tornou tudo o que é hoje.

Serdan no mundo

Após se destacar como aluno mais aplicado, Aquino recebeu a faixa preta e o título de Fodimiuku, a mais alta graduação na luta livre japonesa, após apenas 2 anos de estudos. Com isso, Aquino se qualificou a participar de grandes eventos e lutar em qualquer lugar do mundo. Enoki o mandou para um tour na Europa e Aquino lutou com afinco, conseguindo uma legião de fãs no Velho Continente, ganhando o apelido de Francês, pelo cheiro nada agradável que exalava após cada golpe em que abria as pernas. E foi na França que tudo mudou. Havia um campeão mundial de boxe muito famoso no país fedido, que se chamava Marcel Cerdan. Como o nosso clã gosta de roubar feitos dos outros e falar que foram conquistados com o próprio esforço, Antonio Aquino virou Marcel Cerdan e os títulos mundiais passaram do boxe para a luta livre sem uma única luta.
Ao retornar ao Brasil, porém, outro fato mudou os acontecimentos desta história. Havia um cabaré cheio de gajas formosas, que desfilavam com seus fartos seios à mostra dos freqüentadores da casa, cujo dono também se chamava Marcel Cerdan. Este espetáculo, chamado Les Girls, poderia causar uma repercussão negativa de sua marca, pois Aquino também lutava com as tetas a balangar para o público. Por isso, Antonio Aquino resolveu mudar um pouco o nome e adoptou a alcunha de Michel Serdan. O irmão de Marcel, Manoel Cerdan, era um vagabundo maltrapilho que mendigava nas ruas de Paris. Mas eu não vejo por que mudar meu nome, ô pá! Tão bonito sou, tão bem batizado fui, ora pois!
Na década de 1974, o agora Michel resolveu rumar para os Estados Unidos, onde conheceu Hulk Hogan. Grandes amigos, já trocavam emails há muito tempo. Hogan disse a Serdan para não se preocupar com a troca de nome, pois ele era Terry Gene Bolea e virou Hulk Hogan, por que Antonio Carlos Aquino não poderia virar Michel Serdan? Hogan ainda sugeriu que ele se chamasse Michê Serdan, mas meu primo não gostou muito da idéia e se manteve como Michel.
Eles lutaram algumas vezes nos Estados Unidos, várias vezes em duplas, poucas vezes em lados opostos. Hogan apresentou Mr T a Michel durante uma entrega de prêmios, onde Serdan ganhou o prêmio de convidado mais legal. Mr T convidou Serdan para fazer parte do Esquadrão Classe A, interpretando McGuiver, o quinto membro do time. Mas Serdan preferiu voltar ao Brasil e não deixar que o cinema atrapalhasse a luta livre, como aconteceria com vários lutadores no futuro, como o próprio Hogan, The Rock e Tom Hanks.

Gigantes do Ringue e Votupomania

De volta ao Brasil, Michel Serdan criou o embrião do que seria o Gigantes do Ringue, ao lutar contra moinhos de vento em todo o estado de São Paulo. Ao criar a empresa de luta livre, Michel deu o maior passo de sua carreira. Lá foram revelados os maiores nomes da luta livre brasileira, como Ted Garoto Marinha, Aquiles, Roberto Leonardo, Trovão e muitos outros. Mas o pulo do gajo estava para ser dado ainda. Percebendo que lutar para 5, 10 mil pessoas era pouca coisa, Michel Serdan criou um novo conceito na luta livre mundial: o Pague Para Ver! Trata-se de um evento especial de luta livre, com lutas importantes, uma estrutura imensa e as pessoas pagando mais caro por um ingresso.
A cidade escolhida foi Votuporanga, localizada na latitude 20°25’22” e na longitude 49°58’22” Oeste. Hoje, de acordo com o IBGE, esta cidade conta com 85729 habitantes. Nos anos 90, a Concha Acústica de Votuporanga assistiu ao maior espetáculo da luta livre em todos os tempos! 80 mil pessoas assistiram ao evento que, em homenagem ao aniversário da cidade, foi batizado de Votupomania. Na verdade, Michel jamais esqueceu o espetáculo Les Girls, que tinha um evento anual gigantesco em Paris, chamado Voluptomania e foi daí que ele tirou o nome para seu Pague Para Ver. Para se ter idéia do tamanho e da importância do Votupomania, à época de sua primeira edição, a cidade só possuía pouco mais de 79 mil habitantes, mas outras cidades mandaram representantes para ajudar a lotar a Concha Acústica votuporanguense.
O show teve início com as palavras do prefeito votuporanguense. Logo em seguida, as lutas começaram. O ápice do evento foi uma luta de grupos em revezamento, chamada Acid’s Head Match. O time Serdan perdeu para o time Hogan quando um membro da equipe americana tacou ácido na cabeça do lutador Evelino Cuca Fresca (que após o evento passou a se chamar Evelino Cuca Furada).
Desde então, Votupomania é o evento máximo da luta livre nacional. Há quem diga que o desse ano terá que ser mudado, após a BWF ter roubado a idéia da Semáforo Match. Michel estava segurando a 7 chaves este combate, pois seria o evento principal, entre o Assassino de Lendas Ricardo Aquino e o Corrente de Gangue Soldado, Kadu Aquino. Esta luta valerá o título do GDR e, segundo ouvi minha mãe conversando com minha tia no telefone, será uma Nepotismo Match.

WWE

No final da primeira década do novo milênio, Michel Serdan foi convidado para ir aos Estados Unidos fazer o curso de comentarista da WWE, dado somente a quem tem perfil de rei. Ele chamou seu amigo Jarbas Duarte, conhecido como Gordinho Por Um Triz, e juntos foram fazer o curso. Eles se hospedaram no hotel de trânsito da WWE, onde vários lutadores se hospedam para fazer conexão para seus shows. Segundo meu primo, ele conheceu lutadores consagrados, como o cantor Sting e AJ Estilos da TNA, Michel Quackemboscada da Chikara, Cris Herói da PWG, Colt Cabana (ídolo do Poposa) e vários lutadores da WWE. Desta empresa, Serdan virou amigo íntimo de John Cena, Randy Orton, Batista (O Animal, Jarbas Duarte!) e Undertaker, além de reencontrar velhos amigos como Hulk Hogan e velhos puxa-sacos como Chris Jericho.
De volta ao Brasil e já com o cargo de executivo sênior da WWE para a América Latina, Michel Serdan aproveitou seu bom trânsito em várias emissoras de TV e conseguiu uma reunião em Osasco com o manager do SBT, Silvio Santos. Lá foi acertada a transmissão da WWE para o Brasil, onde Michel ganharia 80% do lucro líquido do programa. WWE Luta Livre na TV foi um sucesso durante os três meses em que este no ar, até que o Ministério Público paulista, apreciando denúncia formulada pela TV Globo, resolveu tirar o programa de circulação, obrigando o SBT a passá-lo de madrugada, pois a esta hora iria concorrer com o Corujão e não com o Caldeirão do Hulk Hogan.

GDR – O Retorno

Uma vez desempregado de sua função de Jerry O Rei Leiler do Brasil, Michel teve a oportunidade de tocar o projeto do Gigantes do Ringue. Ele precisava de alguém que causasse impacto e alavancasse a carreira do Assassino de Lendas Ricardo Aquino e do Corrente de Gangue Soldado Kadu Aquino. No caso do primeiro, para justificar seu apelido, deveria haver uma lenda face capaz de sofrer nas mãos do implacável Assassino. O escolhido foi o Marinheiro, então com 84 anos de idade. A luta terminou após Michel Serdan largar a mesa dos comentaristas e dar um pau no lutador malvado, que havia roubado a dentadura do Marinheiro. No caso de Kadu Aquino, o escolhido foi Rebecca Gusmão, recentemente banida por doping da natação. Kadu sofreu nas mãos da nadadora, mas ela lutava, lutava e nada e Kadu ganhou com um Ajustamento de Atitude. O encontro dos dois vencedores alavancou a Semáforo Match que, após a BWF roubar a idéia, foi mudada para Nepotismo Match no próximo Votupomania. Rebecca Gusmão ainda teria problemas, por violar a política anti-dopagem do GDR por duas vezes na mesma oportunidade.

Encontro com as estrelas e Gladiator

Michel Serdan tem muitos contatos mundo afora. Muito amigo de Arnaldo Bloch, dono da Rede TV, conseguiu espaço no programa Superpop, apresentado por Luciana Gimenez. Fontes maldosas dizem que ele só foi a este programa para tomar shake de emagrecimento, mas a verdade é que Michel foi aprender a famosa Gimene’s Leglock, uma chave de perna capaz de derrubar qualquer estrela internacional. Como podem ver, apesar de pessoas sem noção acharem que Serdan não se recicla na luta livre, ele sempre está disposto a aprender novos golpes. Essa é sua verdadeira “satisfaction”.
Após mais um fracasso na tentativa de levá-lo ao cinema (Serdan preferiu deixar o papel para Russel Crowe), Michel pegou a idéia e transformou-a em uma bebida energética. Ali nascia Gladiator, o energético dos gladiadores. Seu trânsito fácil na Manchete fez dele novamente uma estrela, ao fazer duelos de luta livre na rua, embaixo de um semáforo. Na verdade, tudo não passava de uma campanha promocional, mas os duelos entre o Trabalhador Assalariado e o Ônibus Malvado ganharam 5 estrelas de Luis Meltzer, todas coladas na testa de Serdan.

Família

Michel Serdan tem grande, mas impiedoso, coração. Após ganhar muito dinheiro com a luta livre, ajudou os parentes mais necessitados. Seu sobrinho bisneto, Dee Aquino, já foi peão no tabuleiro de xadrez gigante que Michel mantinha em Atibaia. Na Itália, após o fracasso de sua rede de pizzarias, Michel deu tudo o que tinha para seu primo Vitório Serdan, que ressuscitou o negócio. Em Portugal, Michel abriu uma rede de padarias especializadas em sonhos e biscoitos mentirinha. Mas o sonho acabou e ele resolveu largar tudo. Talvez isso seja o motivo que o levou a dizer que não é mais meu primo, pois ele jura até hoje que fui eu quem acabou com o sonho e isso é corroborado porque eu abri minha própria padoca e ganhei muito dinheiro com isso.
Após seu sucesso internacional, Michel passou a ser alvo de várias mulheres, denominadas “Maria Ringue”, que diziam ter filhos com ele, mas para sua sorte não havia exame de DNA naquela época e ninguém podia provar que Serdan era mesmo o pai. O fato é que já surgiu um boato de que um rapazola de nome Toshiro Serdan está brilhando em algumas federações independentes japonesas.

Dias atuais e Universo Noob

Atualmente, Michel Serdan é empresário de sucesso em blogs. Ele escreve sobre sua vida, seus pensamentos e até a forma de seu cocô. Recentemente, causou grande polêmica ao mundo internético ao comparar os blogs e sites de luta livre a um grande circo, cheio de palhaços. Ele mesmo já disse que é o engolidor de espadas.
De todos os seus rivais, que ele não cansa de enumerar, um dos maiores é este blog amado. Michel se enfezou após não ganhar um mísero troféu de 2010 no Universo Noob Awards de 2009 e resolveu virar suas metralhadoras ao blog rival. Porém, ninguém deu muita bola, porque ele já estava todo enfezado. Então, ninguém ligava das fezes não pararem de sair de sua boca.
Algumas disputas judiciais já foram travadas pelo Michel Serdan e o Universo Noob, mas todas foram encerradas sem resolução do mérito, por faltarem os pressupostos processuais do interesse de agir e do objeto. Atualmente, a disputa se resume à troca de farpas. O Universo Noob publica suas matérias de cunho jornalístico e Michel Serdan publica suas respostas de cunho ignorante.

Títulos

• Festival Internacional de Séries de TV – Convidado mais legal (1975)
• Federação Internacional de Judô – Faixa preta (1849)
• Braço de Ferro – Campeão brasileiro (1858)
• Luta livre – Campeão brasileiro (1862 a 1869, 1889 a 1900, 1910 a 1990, 2002, 2003 e 2004), campeão sulamericano (1858, 1999, 2002), campeão mundial (1890, 1990, 1999 e 2002)
• GDR – Campeão indisputável (2000), campeão formidável (2001), campeão estilizado (2002)
• WWE – Campeão honorário (2008)
• Rua dos Franceses do bairro do Bixiga – Seu nome está na calçada desta rua desde o ano de 1944. Há quem diga que é o primeiro de uma série que formará a calçada da fama do Bixiga
• Wrestling Observer News – Ignorado completamente
• Pro Wrestling Ilustrated – Idem

Frases de fãs, amigos e inimigos

“Grande humorista. Achava ele demais no papel de Sargento Pincel, quando estava nos Trapalhões” – Alexandre Cruor Letum, colunista do CruorX e membro da seita Cruorismo, que prega o sexo com eminhas.

“Eu prefiro o Bob Léo!” – Mark, colunista do Universo Noob

“A face da ignorância, o corpo da mentira, o coração de um velho caquético!” – Ru, colunista do Universo Noob

“O que lhe falta de cabelo, lhe falta de cérebro” – Dee Aquino, sobrinho bisneto

“Magoa, mas dá um caldo” – Jack Swagger, colunista do Universo Noob, campeão da WWE e homossexual não assumido

“Um exemplo de vida que nos ensina que: Lutar? Sempre! Vencer? Talvez! Desistir? Jamais! Sempre sem esquecer que esporte é vida, droga é morte! Dê mais vida para os seus filhos!” – Nathanael Gusmão, também conhecido como Taker, colunista do Universo Noob e rato de comunidades

“Por um triz!” – Jarbas Duarte, ex colega de transmissão da WWE Luta Livre na TV

“Amigo, companheiro, sincero. É daqueles que a gente guarda no fundo do coração” – Sônico, anão de jardim, jobber de luxo e profissional bem liberal

“O que fazer, ô pá? Não me queres mais na família? Então, vá às favas!” – Manoel Serdan, primo

“You can’t see me!” – John Cena, campeão da WWE

“Vai tomar no cu, seu velho de merda!” – Poposa, colunista grosseiro do Universo Noob

“Um homem que é um mito, uma lenda, o melhor do mundo… na própria cabeça” – Carlitos, colunista do Bordoada Cerebral

“Amigo para todas as horas, empresário bem sucedido, campeão em tudo o que disputou. Sucesso, meu companheiro de lutas!” – Hulk Hogan

“Gradisce inventare le bugie, ma è relativo, fare che cosa?” – Vitório Serdan, primo

Rusposta do Universo Noob – by Ru

junho 6, 2010

Genteeeeeeeeeeeee! Eu vou gritar bem alto! O Universo Noob foi vilipendiado! O patrão impiedoso partiu para cima do patrão gostoso e do nosso blog amado, causando um rebuliço aqui na redação. O artigo, que você pode ler aqui emputeceu todo mundo aqui na redação e todos querem o direito à réplica. Eu fui eleita a porta-voz oficial e vou falar o que penso a respeito desta polêmica, além de repassar o que meus colegas disseram.

Quero deixar bem claro ao pessoal do michelserdan.com que nós não sabemos de quem você está falando. Aliás, a blogsfera inteira não sabe, tanto é que os outros blogs estão comentando suas declarações, que tão mal pegaram junto àqueles que ainda insistem em ajudar a luta livre nacional a sair do limbo em que se encontra. Se você está nos tratando como palhaços eu fico muito decepcionadinha porque se ainda fosse como comediantes da Praça é Nossa, ou pelo menos fazendo palhaçada de bermuda, suspensórios, gravata e sem camisa… Aí sim, mas no circo eu não aceito.

Nós realmente não imaginamos que um dos sites com adultos retardados seria justamente o Universo Noob, um blog montado por gente séria, trabalhadora, que investiga a fundo cada notícia e rumor que chega a nossa redação. E aqui surge a primeira indignação da redação. Nosso amigo Jack Swagger disse que não gosta de homofobia e que perdeu grande parte do respeito que tinha pelo “velhote que ainda dá um caldo imenso, mas que hoje dá, no máximo, um caldinho”. Além disso, o Swagger pediu para dizer que nunca se arregou para o Marcos Martins, mas pelo que ouviu do Raphosa (leitor assíduo do blog), vale muito a pena se arregar para esse noob de marca maior.

E me pediu para devolver a foto que ele e Serdan tiraram em um evento em 2005

Também é bom a gente deixar claro que se você nos falta com respeito, não pode pedir favor nenhum! Mas o meu pão de mel Kwellada pediu para eu analisar seus pedidos e motivar as negativas, então vamos a eles:

” Gostaria de pedir para tirarem o “OFICIAL” do titulo, porque ninguém, por mais burro que seja, irá ter capacidade e vontade de montar um outro Universo Noob (arg)”

Serdan lindinho! Você não é tão antenado quanto achávamos. Há, sim, um outro (blog). Quero dizer, você escreveu Universo Noob (arg), pode ser que se refira a um Universo Noob na Argentina. Isso realmente não existe, mas a gente sabe que tem uma parte da família do meu cuti-cuti que veio de lá e que eu espero que MORRA!

Nota do editor: A tag [OFICIAL] não foi inserida para impedir imitações e sim para satirizar os idiotas que usavam a tag [OFICIAL] em suas comunidades sobre a WWE. Sim aqui no Universo Noob [OFICIAL] satirizamos alguns idiotas.

“Ao invés de chamarem meu primo de Manuel, chamem de Vitório, porque descendo de Italianos.”

Aqui outra pessoa ficou muito irritada. Manoel Serdan ficou duplamente chateado. Primeiro porque você o chamou de “Manuel”. Segundo porque, nas palavras dele mesmo, a tia Maria Teresa não deve ter muito tempo de vida e não merece ser chutada para fora da família, por isso você não receberá a famosa matula com bolinhos de Santa Clara esse ano em seu aniversário.

E pensar que eu tinha me fantasiado só para ser solidário com o familiar, ora pois

Nós sabemos que você não é nepotista, querido, apesar de haver uma situação estranha quando você destaca seus sobrinhos Kadu e Ricardo para serem o John Cena e o Randy Orton brasileiros. Até porque o senhor não é deputado, senador, vereador, nem ninguém politicamente falando. Afinal, se não ganha nem um mísero troféu 2010 no Universo Noob Awards de 2009, ganharia alguma eleição?

O Vampetoca ganhou, fazer o que? Você perdeu, então saiba ser derrotado e saia com elegância. Tá certo que perder do Vampetoca não empata com mais ninguém, mas você podia ganhar um prêmio especial por repetição de palavras (“troféu para um merda, com uma matéria de merda, mas, esperar o que, de uns bostas – quase uns merdas – como vocês”). Dizem, inclusive, que o Vampetoca pode te derrotar numa luta, com seu famoso Ass Drop, sujo de merda. Abre o olho!

Serdan, abre o olho que eu to chegando, com o olho bem aberto!

Como pode você querer defender a BWF, se você só ataca? Você quer ganhar o prêmio com a história do semáforo, uma falta de respeito sua com a BWF e, agora, você quer defender a BWF? Eu acho que você ta ficando gagá, Serdan! Aqui quem ficou indignado foi o Mark, que é smark da BWF e você, sempre sacaneando os pobres moleques que lutam na rua em troca de um quilo de sal. A história do circo é sua, Serdan. Então você é quem sabe onde se encaixar. Mas o Swagger voltou a pedir a palavra para falar que se você quiser encaixar nele, é só ligar. O número, segundo o Swagger, você já tem. E nós sabemos que você é O Inteligente, assim como sabemos que você é o Patrão Impiedoso e o Executivo Sênior da WWE para a América Latina, que sabe porque já esteve lá. A gente leu sim as besteiras que você escreveu, porque nós todos somos fãs enrustidos do seu trabalho e sempre iremos ler.

Você não é retardado. Não há retardo nenhum em ser o dono da maior empresa de luta livre do Brasil, que luta num ringue em forma de tabuleiro de xadrez e cujo personagem misterioso entra com a música do Undertaker, “com autorização da WWE”. Também não é retardo nenhum falar que quem inventou a luta livre foi Antonio Enoki e ainda por cima matou o infeliz, muito menos fazer a famosa Acid Head Match. Tem é que ser corajoso e nós admiramos tal coragem. Eu só não admito que você diga que não houve nada entre nós, Serdan! Meu nome não é fake, meu nome é Ru! Se você se chama Antonio e atende pelo nome de Michel, por que eu não posso me chamar Ru? Ou Michel é um fake do Hulk Hogan, que é um fake do Terry Gene Bolea?

Depois dessa acho que vou me depilar.

Serdan por Serdan

junho 3, 2010

Olá putos queridos do Universo Noob! Quem vos fala é o correspondente lusitano Manoel Serdan. E hoje eu estou feliz por dois motivos. Primeiro porque descobri que minhas hemorróidas não estão incomodando como antes. Segundo porque meu médico disse que eu devo retornar ainda essa semana, para continuar passando a pomada anti-hemorróida. Esse médico é muito bom! Ele segura o meu ombro com uma das mãos, segura as minhas nádegas com a outra mão e passa a pomada com a outra mão! Mas eu estou escrevendo mesmo é para tratar de um assunto que sacudiu a esfera blogueira do mundo inteiro.
Como todos sabem, meu primo Michel é um gajo muito famoso. Dono da empresa GDR de luta livre nacional, vice presidente do canal NGT, executivo sênior da WWE para a América Latina, acionista minoritário dos energéticos Gladiator e mais uma penca de outros trabalhinhos menores, Serdan também é um altruísta. Meu primo mantém um sítio na internet, onde traz aos seus adeptos as últimas notícias dos seus empreendimentos, principalmente o GDR, além de comentar o que acontece na luta livre brasileira (onde é acionista majoritário). E foi neste sítio que o gajo impiedoso jogou achas à fogueira da esfera blogueira na última semana, como você pode conferir neste link

Meu primo compara os sítios informativos sobre luta livre com um grande circo. Porém, há algumas coisas que não se encaixam nesta história. Se os sítios formam um grande circo, o seu próprio sítio é um pedacinho deste circo, só restando saber se é a mulher barbada, o palhacinho ou o engolidor de espadas. Além disso, se ele afirma que adultos escrevem e discutem coisas de crianças, com outros adultos retardados, onde se encaixa o meu primo nesta história, ora pois?
Ele critica o sítio TB da BWF. A julgar pelo nome, suporia eu que este sítio é favorável àquela empresa menor de luta livre, aqueles putos que lutam na rua em troca de uns trocados e um punhado de sal. Mas, se o meu primo foi lá conferir o sítio, alguma coisa interessante deve ter. Eu só não compreendo como um sítio sobre a BWF tem uma coluna sobre o GDR, ô raios? Enfim, meu primo disse que um cara com um nome Fake, mal intencionado porém inteligente, havia comentado com intenso conhecimento o programa GDR, mas escrevia tudo errado. E ainda tentou desacreditar os personagens que meu primo inventa, ora pois!
Mas o Universo Noob não é um sítio que tem por objeto escarniar os outros internautas, mas sim trazer ao leitor a informação desejada com o máximo de parcimônia. Então, como estão a jogar pedras pontiagudas no fiofó de meu primo, eu entrei em contato com ele e consegui uma entrevista exclusiva do Michel com a Ru! Leiam!

Ru – Michel, que honra imensa ter uma exclusiva com você para o Universo Noob!

Michel Serdan – O prazer é todo seu.

Ru – A sua última coluna causou imenso furor na blogsfera mundial. A sua intenção era causar esta polêmica toda?

Michel Serdan – Sim.

Ru – Por que?

Michel Serdan – Porque sim.

Ru – Mas por que você resolveu comparar os sites de seus fãs a um circo?

Michel Serdan – Porque sim.

Ru – Mas com isso você fará com que os telespectadores do GDR não queiram ver o seu programa, não é?

Michel Serdan – Não.

Ru – E aquele colunista que falou do GDR, mas não gostou do programa?

Michel Serdan – Fake.

Ru – Isso! Ele é seu inimigo?

Michel Serdan – Sim.

Ru – Você zomba deste menino, o Fake, de ter revelado que o “Danger” é o Kadu, seu sobrinho, correto?

Michel Serdan – Sim.

Ru – Mas o que tem de mais dele falar isso? Digo, todo mundo sabe que o Mark Callaway é o Undertaker.

Michel Serdan – Foda-se.

Ru – Delicado você, hein?

Michel Serdan – Não.

Ru – Bom, retornando à entrevista, você ainda tira onda com a cara do moleque, dizendo que ele não adivinhará quem é o próximo “Danger”, correto?

Michel Serdan – Sim.

Ru – E esse próximo “Danger” seria o seu outro sobrinho, Ricardo?
Michel Serdan – Como você descobriu?

Ru – Sei lá, apostei em um nepotismo de sua parte.

Michel Serdan – Eu sou é macho, tá bom? Muito macho!

Ru – Eu sei Michel! Nepotismo é quando alguém se utiliza de seu cargo para contratar parentes que, na maioria das vezes, não trabalham e recebem o salário.

Michel Serdan – Nada disso, sua burra! O nome disso é pedofilia!

Ru – Tá bom, Michel! Por falar em burrice, você chama o Fake de burro, porque ele falou “crinch” ao invés de “clinch”, que seria “clinche”. Por que expor a ignorância alheia num momento delicado como o que a luta livre brasileira passa?

Michel Serdan – Não.

Ru – Não? Que resposta é essa?

Michel Serdan – Sim.

Ru – Não estou entendendo suas respostas, Michel. Mas se você chama o colunista de burro por escrever “crinch”, como você escreve “colonista” no final?

Michel Serdan – Eu estava atrasado.

Ru – Atrasado para que?

Michel Serdan – Eu tinha uma entrevista com Hulk Hogan.

Ru – Tá bom, agora conta aquela da loira!

Michel Serdan – Eu conheço uma da colunista burra, serve?

Ru – Não, não serve! Vamos encerrar essa entrevista logo! Não sem antes eu lhe dizer, em primeira mão, que você errará uma previsão! Você dizia que tinha certeza que o Fake ganharia o Troféu Universo Noob 2010 este ano (como se o troféu de 2010 fosse entregue todos os anos), mas o pudinzinho de leite Kwellada acaba de me comunicar que você ganhará esse ano de novo! Parabéns, Michel!

Michel Serdan – Obrigado.

Hoje tem serdanzada? Tem sim senhor! E o palhaço, o que que é? Patrão Impiedoso!