Serdanclopédia – Michel Serdan

by

Noobs do noob universal, acá estou de volta, Manoel Serdan! Eu não queria ter que escrever essa Serdanclopédia, mas meu patrão piedoso disse que eu sou contratado para trazer a informação, independente de quem seja a fonte. Como sou o encarregado de contar histórias da luta livre mundial tiradas do livro do clã Serdan, tenho que cumprir meu dever. E hoje eu vou falar de ninguém mais, ninguém menos, que meu próprio primo, Michel Serdan!

Pessoal

Michel Serdan nasceu Antonio Carlos de Aquino. Veio ao mundo na cidade de São Paulo, capital do estado homônimo, no ano de 1843. Em sua certidão de nascença, há a data de 5 de fevereiro como o dia de sua vinda ao mundo, mas minha tia Aquinóstica garante que o gajo nasceu mesmo foi no dia 30 de fevereiro, data que só aconteceu uma única vez na história. Como ele não poderia mais completar anos, resolveram antecipar em 23 dias a data de sua rebentação e documentar tal farsa. Eu costumo acreditar na tia Aquinóstica, pois era ela quem fazia partos nas ruas na década de 1843 e este foi um dos mais célebres partos de sua carreira, pois a tia teve um acidente após o nascimento de seu sobrinho, que deu-lhe um torce-braço tão violento que arrancou-lhe a mão. Após isso, tia Aquinóstica teve que fazer partos com a boca. Ali, já podíamos ver que Michel seria um astro da luta livre.
Sua mãe, dona Aquino, o mandou para o Seminário dos Padres Salesianos de Dom Bosco. Tencionava minha tia que ele virasse padre, depois bispo, arcebispo e chegasse a papa. Porém, Toninho Carlos (como era conhecido em casa) reclamava que alguns padres ordenavam aos internos que tirassem as roupas e dançassem vendados em cima de cones enquanto levavam palmadas no bumbum com réguas roliças. A mãe não deu bola aos reclames do menino e ele resolveu aprender judô para escapar das aulas de dança nua. Em apenas 6 anos, o menino Aquino já era faixa preta e resolveu rumar para outra modalidade de luta.

Braço de ferro, luta livre e título sulamericano

Quando tinha 15 anos de idade, Antonio Aquino resolveu participar de uma competição de braço de ferro patrocinada pela TV Gazeta. À época, esta emissora detinha os direitos de transmissão do campeonato brasileiro de braço de ferro da FBQB (Federação Brasileira de Queda de Braço) e o menino Antonio Aquino levantou a taça e abaixou os braços dos oponentes, se tornando o campeão mais jovem da história deste esporte no Brasil. A sorte de meu primo é que havia um lutador argentino vendo o campeonato, de nome Caruso. Este perguntou se Aquino gostaria de fazer luta livre, pois seu estilo pouco ortodoxo nas mesas de braço de ferro era tudo o que um empresário procura num aspirante a astro da luta livre mundial. Aquino aceitou e, no dia seguinte, já estava à porta da academia. Só que a academia só foi inaugurada uma semana depois e o pobre Aquino dormiu na rua esse tempo todo.
Treinando com afinco, Antonio Aquino ganhou o mundo. Após derrotar Cara de Boi, Aquino conseguiu vaga no torneio sul americano. Ele ganhou não só a taça de campeão sul americano de luta livre em quadrilátero como também ganhou uma bolsa de estudos na famosa academia de Antônio Enoki no Japão, a Enoki Tsunami Fujiama Toyota Nikon School of Puroresu. Lá, Aquino encontrou um mestre, que o tornou tudo o que é hoje.

Serdan no mundo

Após se destacar como aluno mais aplicado, Aquino recebeu a faixa preta e o título de Fodimiuku, a mais alta graduação na luta livre japonesa, após apenas 2 anos de estudos. Com isso, Aquino se qualificou a participar de grandes eventos e lutar em qualquer lugar do mundo. Enoki o mandou para um tour na Europa e Aquino lutou com afinco, conseguindo uma legião de fãs no Velho Continente, ganhando o apelido de Francês, pelo cheiro nada agradável que exalava após cada golpe em que abria as pernas. E foi na França que tudo mudou. Havia um campeão mundial de boxe muito famoso no país fedido, que se chamava Marcel Cerdan. Como o nosso clã gosta de roubar feitos dos outros e falar que foram conquistados com o próprio esforço, Antonio Aquino virou Marcel Cerdan e os títulos mundiais passaram do boxe para a luta livre sem uma única luta.
Ao retornar ao Brasil, porém, outro fato mudou os acontecimentos desta história. Havia um cabaré cheio de gajas formosas, que desfilavam com seus fartos seios à mostra dos freqüentadores da casa, cujo dono também se chamava Marcel Cerdan. Este espetáculo, chamado Les Girls, poderia causar uma repercussão negativa de sua marca, pois Aquino também lutava com as tetas a balangar para o público. Por isso, Antonio Aquino resolveu mudar um pouco o nome e adoptou a alcunha de Michel Serdan. O irmão de Marcel, Manoel Cerdan, era um vagabundo maltrapilho que mendigava nas ruas de Paris. Mas eu não vejo por que mudar meu nome, ô pá! Tão bonito sou, tão bem batizado fui, ora pois!
Na década de 1974, o agora Michel resolveu rumar para os Estados Unidos, onde conheceu Hulk Hogan. Grandes amigos, já trocavam emails há muito tempo. Hogan disse a Serdan para não se preocupar com a troca de nome, pois ele era Terry Gene Bolea e virou Hulk Hogan, por que Antonio Carlos Aquino não poderia virar Michel Serdan? Hogan ainda sugeriu que ele se chamasse Michê Serdan, mas meu primo não gostou muito da idéia e se manteve como Michel.
Eles lutaram algumas vezes nos Estados Unidos, várias vezes em duplas, poucas vezes em lados opostos. Hogan apresentou Mr T a Michel durante uma entrega de prêmios, onde Serdan ganhou o prêmio de convidado mais legal. Mr T convidou Serdan para fazer parte do Esquadrão Classe A, interpretando McGuiver, o quinto membro do time. Mas Serdan preferiu voltar ao Brasil e não deixar que o cinema atrapalhasse a luta livre, como aconteceria com vários lutadores no futuro, como o próprio Hogan, The Rock e Tom Hanks.

Gigantes do Ringue e Votupomania

De volta ao Brasil, Michel Serdan criou o embrião do que seria o Gigantes do Ringue, ao lutar contra moinhos de vento em todo o estado de São Paulo. Ao criar a empresa de luta livre, Michel deu o maior passo de sua carreira. Lá foram revelados os maiores nomes da luta livre brasileira, como Ted Garoto Marinha, Aquiles, Roberto Leonardo, Trovão e muitos outros. Mas o pulo do gajo estava para ser dado ainda. Percebendo que lutar para 5, 10 mil pessoas era pouca coisa, Michel Serdan criou um novo conceito na luta livre mundial: o Pague Para Ver! Trata-se de um evento especial de luta livre, com lutas importantes, uma estrutura imensa e as pessoas pagando mais caro por um ingresso.
A cidade escolhida foi Votuporanga, localizada na latitude 20°25’22” e na longitude 49°58’22” Oeste. Hoje, de acordo com o IBGE, esta cidade conta com 85729 habitantes. Nos anos 90, a Concha Acústica de Votuporanga assistiu ao maior espetáculo da luta livre em todos os tempos! 80 mil pessoas assistiram ao evento que, em homenagem ao aniversário da cidade, foi batizado de Votupomania. Na verdade, Michel jamais esqueceu o espetáculo Les Girls, que tinha um evento anual gigantesco em Paris, chamado Voluptomania e foi daí que ele tirou o nome para seu Pague Para Ver. Para se ter idéia do tamanho e da importância do Votupomania, à época de sua primeira edição, a cidade só possuía pouco mais de 79 mil habitantes, mas outras cidades mandaram representantes para ajudar a lotar a Concha Acústica votuporanguense.
O show teve início com as palavras do prefeito votuporanguense. Logo em seguida, as lutas começaram. O ápice do evento foi uma luta de grupos em revezamento, chamada Acid’s Head Match. O time Serdan perdeu para o time Hogan quando um membro da equipe americana tacou ácido na cabeça do lutador Evelino Cuca Fresca (que após o evento passou a se chamar Evelino Cuca Furada).
Desde então, Votupomania é o evento máximo da luta livre nacional. Há quem diga que o desse ano terá que ser mudado, após a BWF ter roubado a idéia da Semáforo Match. Michel estava segurando a 7 chaves este combate, pois seria o evento principal, entre o Assassino de Lendas Ricardo Aquino e o Corrente de Gangue Soldado, Kadu Aquino. Esta luta valerá o título do GDR e, segundo ouvi minha mãe conversando com minha tia no telefone, será uma Nepotismo Match.

WWE

No final da primeira década do novo milênio, Michel Serdan foi convidado para ir aos Estados Unidos fazer o curso de comentarista da WWE, dado somente a quem tem perfil de rei. Ele chamou seu amigo Jarbas Duarte, conhecido como Gordinho Por Um Triz, e juntos foram fazer o curso. Eles se hospedaram no hotel de trânsito da WWE, onde vários lutadores se hospedam para fazer conexão para seus shows. Segundo meu primo, ele conheceu lutadores consagrados, como o cantor Sting e AJ Estilos da TNA, Michel Quackemboscada da Chikara, Cris Herói da PWG, Colt Cabana (ídolo do Poposa) e vários lutadores da WWE. Desta empresa, Serdan virou amigo íntimo de John Cena, Randy Orton, Batista (O Animal, Jarbas Duarte!) e Undertaker, além de reencontrar velhos amigos como Hulk Hogan e velhos puxa-sacos como Chris Jericho.
De volta ao Brasil e já com o cargo de executivo sênior da WWE para a América Latina, Michel Serdan aproveitou seu bom trânsito em várias emissoras de TV e conseguiu uma reunião em Osasco com o manager do SBT, Silvio Santos. Lá foi acertada a transmissão da WWE para o Brasil, onde Michel ganharia 80% do lucro líquido do programa. WWE Luta Livre na TV foi um sucesso durante os três meses em que este no ar, até que o Ministério Público paulista, apreciando denúncia formulada pela TV Globo, resolveu tirar o programa de circulação, obrigando o SBT a passá-lo de madrugada, pois a esta hora iria concorrer com o Corujão e não com o Caldeirão do Hulk Hogan.

GDR – O Retorno

Uma vez desempregado de sua função de Jerry O Rei Leiler do Brasil, Michel teve a oportunidade de tocar o projeto do Gigantes do Ringue. Ele precisava de alguém que causasse impacto e alavancasse a carreira do Assassino de Lendas Ricardo Aquino e do Corrente de Gangue Soldado Kadu Aquino. No caso do primeiro, para justificar seu apelido, deveria haver uma lenda face capaz de sofrer nas mãos do implacável Assassino. O escolhido foi o Marinheiro, então com 84 anos de idade. A luta terminou após Michel Serdan largar a mesa dos comentaristas e dar um pau no lutador malvado, que havia roubado a dentadura do Marinheiro. No caso de Kadu Aquino, o escolhido foi Rebecca Gusmão, recentemente banida por doping da natação. Kadu sofreu nas mãos da nadadora, mas ela lutava, lutava e nada e Kadu ganhou com um Ajustamento de Atitude. O encontro dos dois vencedores alavancou a Semáforo Match que, após a BWF roubar a idéia, foi mudada para Nepotismo Match no próximo Votupomania. Rebecca Gusmão ainda teria problemas, por violar a política anti-dopagem do GDR por duas vezes na mesma oportunidade.

Encontro com as estrelas e Gladiator

Michel Serdan tem muitos contatos mundo afora. Muito amigo de Arnaldo Bloch, dono da Rede TV, conseguiu espaço no programa Superpop, apresentado por Luciana Gimenez. Fontes maldosas dizem que ele só foi a este programa para tomar shake de emagrecimento, mas a verdade é que Michel foi aprender a famosa Gimene’s Leglock, uma chave de perna capaz de derrubar qualquer estrela internacional. Como podem ver, apesar de pessoas sem noção acharem que Serdan não se recicla na luta livre, ele sempre está disposto a aprender novos golpes. Essa é sua verdadeira “satisfaction”.
Após mais um fracasso na tentativa de levá-lo ao cinema (Serdan preferiu deixar o papel para Russel Crowe), Michel pegou a idéia e transformou-a em uma bebida energética. Ali nascia Gladiator, o energético dos gladiadores. Seu trânsito fácil na Manchete fez dele novamente uma estrela, ao fazer duelos de luta livre na rua, embaixo de um semáforo. Na verdade, tudo não passava de uma campanha promocional, mas os duelos entre o Trabalhador Assalariado e o Ônibus Malvado ganharam 5 estrelas de Luis Meltzer, todas coladas na testa de Serdan.

Família

Michel Serdan tem grande, mas impiedoso, coração. Após ganhar muito dinheiro com a luta livre, ajudou os parentes mais necessitados. Seu sobrinho bisneto, Dee Aquino, já foi peão no tabuleiro de xadrez gigante que Michel mantinha em Atibaia. Na Itália, após o fracasso de sua rede de pizzarias, Michel deu tudo o que tinha para seu primo Vitório Serdan, que ressuscitou o negócio. Em Portugal, Michel abriu uma rede de padarias especializadas em sonhos e biscoitos mentirinha. Mas o sonho acabou e ele resolveu largar tudo. Talvez isso seja o motivo que o levou a dizer que não é mais meu primo, pois ele jura até hoje que fui eu quem acabou com o sonho e isso é corroborado porque eu abri minha própria padoca e ganhei muito dinheiro com isso.
Após seu sucesso internacional, Michel passou a ser alvo de várias mulheres, denominadas “Maria Ringue”, que diziam ter filhos com ele, mas para sua sorte não havia exame de DNA naquela época e ninguém podia provar que Serdan era mesmo o pai. O fato é que já surgiu um boato de que um rapazola de nome Toshiro Serdan está brilhando em algumas federações independentes japonesas.

Dias atuais e Universo Noob

Atualmente, Michel Serdan é empresário de sucesso em blogs. Ele escreve sobre sua vida, seus pensamentos e até a forma de seu cocô. Recentemente, causou grande polêmica ao mundo internético ao comparar os blogs e sites de luta livre a um grande circo, cheio de palhaços. Ele mesmo já disse que é o engolidor de espadas.
De todos os seus rivais, que ele não cansa de enumerar, um dos maiores é este blog amado. Michel se enfezou após não ganhar um mísero troféu de 2010 no Universo Noob Awards de 2009 e resolveu virar suas metralhadoras ao blog rival. Porém, ninguém deu muita bola, porque ele já estava todo enfezado. Então, ninguém ligava das fezes não pararem de sair de sua boca.
Algumas disputas judiciais já foram travadas pelo Michel Serdan e o Universo Noob, mas todas foram encerradas sem resolução do mérito, por faltarem os pressupostos processuais do interesse de agir e do objeto. Atualmente, a disputa se resume à troca de farpas. O Universo Noob publica suas matérias de cunho jornalístico e Michel Serdan publica suas respostas de cunho ignorante.

Títulos

• Festival Internacional de Séries de TV – Convidado mais legal (1975)
• Federação Internacional de Judô – Faixa preta (1849)
• Braço de Ferro – Campeão brasileiro (1858)
• Luta livre – Campeão brasileiro (1862 a 1869, 1889 a 1900, 1910 a 1990, 2002, 2003 e 2004), campeão sulamericano (1858, 1999, 2002), campeão mundial (1890, 1990, 1999 e 2002)
• GDR – Campeão indisputável (2000), campeão formidável (2001), campeão estilizado (2002)
• WWE – Campeão honorário (2008)
• Rua dos Franceses do bairro do Bixiga – Seu nome está na calçada desta rua desde o ano de 1944. Há quem diga que é o primeiro de uma série que formará a calçada da fama do Bixiga
• Wrestling Observer News – Ignorado completamente
• Pro Wrestling Ilustrated – Idem

Frases de fãs, amigos e inimigos

“Grande humorista. Achava ele demais no papel de Sargento Pincel, quando estava nos Trapalhões” – Alexandre Cruor Letum, colunista do CruorX e membro da seita Cruorismo, que prega o sexo com eminhas.

“Eu prefiro o Bob Léo!” – Mark, colunista do Universo Noob

“A face da ignorância, o corpo da mentira, o coração de um velho caquético!” – Ru, colunista do Universo Noob

“O que lhe falta de cabelo, lhe falta de cérebro” – Dee Aquino, sobrinho bisneto

“Magoa, mas dá um caldo” – Jack Swagger, colunista do Universo Noob, campeão da WWE e homossexual não assumido

“Um exemplo de vida que nos ensina que: Lutar? Sempre! Vencer? Talvez! Desistir? Jamais! Sempre sem esquecer que esporte é vida, droga é morte! Dê mais vida para os seus filhos!” – Nathanael Gusmão, também conhecido como Taker, colunista do Universo Noob e rato de comunidades

“Por um triz!” – Jarbas Duarte, ex colega de transmissão da WWE Luta Livre na TV

“Amigo, companheiro, sincero. É daqueles que a gente guarda no fundo do coração” – Sônico, anão de jardim, jobber de luxo e profissional bem liberal

“O que fazer, ô pá? Não me queres mais na família? Então, vá às favas!” – Manoel Serdan, primo

“You can’t see me!” – John Cena, campeão da WWE

“Vai tomar no cu, seu velho de merda!” – Poposa, colunista grosseiro do Universo Noob

“Um homem que é um mito, uma lenda, o melhor do mundo… na própria cabeça” – Carlitos, colunista do Bordoada Cerebral

“Amigo para todas as horas, empresário bem sucedido, campeão em tudo o que disputou. Sucesso, meu companheiro de lutas!” – Hulk Hogan

“Gradisce inventare le bugie, ma è relativo, fare che cosa?” – Vitório Serdan, primo

13 Respostas to “Serdanclopédia – Michel Serdan”

  1. Marcos Rafael Says:

    Kwellada vamos fazer parceria com o PLL entra no Site para confirmar

  2. Cruor Says:

    Po faltou o tour da federacao que o Hogan tinha aos 14 anos no brasil, e que resultou em tragedia com o empresario americano Josh Mephistofeles tacando acido na cara de um lutador brasileiro que até hoje tem a identidade preservada

  3. B. Says:

    Bons tampos aqueles que o UN zuava blogs e nos fazia rir.

  4. Drew Rox Says:

    Sem dúvidas B. D:
    Agora só zoa o Serdan D: -qqq’

    Ae apareceu aquele blog merda lá, Pior da Luta Livre acho, UN muito melhor, UN FOREVER!

  5. Kurt Angle Says:

    UN Rules!

    PLL( Pior da luta livre) SUCKS!

    UN é muito melhor…

  6. Marcos Rafael Says:

    PERGUNTEI (h)

  7. Marcos Rafael Says:

    DREW SO FLA ISSO PQ NOIS MANDA SCREAMMAN NO BLOGZIM DELE E FICA NERVOZA

  8. Drew Rox Says:

    Primeiro: o blog não é meu
    Segundo: Não é blogzim é blog afinla é bom e não tira plágio de ngm 🙂
    Terceiro: Vc nao manda mais pois foi ban 🙂
    Quarta: Coloquei minha opinião comparando seu blog lixo que busca erros até em um acento para não faltar merdas todo dia com o Universo Noob quando zuava blogs que destacava erros realmente terrívelsi (yy’

    SE NÃO GOSTOU CRIA UM BLOG PARA VOCÊ SEM FOR PARA ZUAR OS OUTROS E FAZ MELHOR 😉

  9. valmir nascimento nunes Says:

    cara sou seu maior fãn vc entrou na wwe vc é dimais
    quero muito fazer luta livre mais não sei aonde tem escola

  10. UNIVERSO NOOB AWARDS 2010 – Blog do Ano! « Universo Noob[OFICIAL] Says:

    […] até dizendo que o GDR voltará a uma TV do país, simpática e sem rejeição! Ô raios! Confira aqui uma das muitas participações de meu primo: no Universo […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: