Archive for the ‘Uncategorized’ Category

HOJE É SEXTA FEIRA!!!

abril 15, 2016

Is this the real life? — A.K.A. “A volta dos que não foram”

abril 15, 2016

Faaaaala, seus noobs de merda! Como é que vocês estão, seus putos?

Não, nós não morremos. Apenas saímos pra comprar cigarros. E nesses cinco anos em que saímos atrás de nosso maço de Marlboro, muita coisa aconteceu no mundo do PW.

Nossos noobs “deixaram” de serem noobs (menos alguns, como o Vampetoca, o Poposa, entre outros grandes viados da saudosa blogosfera retrô do pro-wrestling) E hoje, temos uma geração nova de noobs leite-com-pêra, adoradores de Roman Reigns, repetidores do jargão “Suplex City”, entre outros tipos.

Pra essa geração nova de noobs, que não conhecem o UN, é claro que esse artigo é algo desconhecido, que promete revolucionar os cus dessa nova garotada que toma guaraná e bate polenta, gastando água a toa no banho. Braço cansado, dor de cabeça… Sim, nós sabemos o que você passa. Já fomos como vocês um dia.

Mas, deixando essa viadagem de saudosismo à parte (sim, alguns noobs mais velhos estão chorando de nostalgia ao ler essas mal traçadas linhas,) vamos àquilo que sempre soubemos fazer de melhor nesse humilde blog: falar dele, o mito, o salvador da luta livre nacional, o patrão impiedoso do wrestling, o cabeça de piroca dos ringues: nosso amado, querido, reconhecido e sempre bem comentado Michel Serdan.

Pra quem não conhece a história de Michel Serdan, há um artigo muito bom que está encravado nos anais do UN, escrito por seu primo português, Manoel Serdan, que você pode ver clicando aqui.

Ele é dono da equipe GDR — Gogóias do Ringue — que volta hoje de sua tumba no cemitério do ostracismo, com uma promessa de “reality show” que não durou nem 10 minutos. Uma obra que mostra que a equipe de Antonio Carlos Aquino Rêgo (alter-ego de Serdan) continua viva sim, e moribunda como sempre.

reality_de_merda

Reality: Um show de dramaturgia que faz Manoel Carlos arrancar os cabelos do cu!

Mas o que mudou no GDR nesses últimos cinco anos? É claro, pequeno padawan, que a resposta é “Porra nenhuma!” Mas mesmo assim, “novos” (em sentido figurado) “talentos” (também) entraram para o plantel à disposição do nosso Paulo Cintura Cabeça de Rôla:

nino_cabeca_de_nos_todos
Nino Mercury: Considerado uma das maiores cabeças do prowrestling brasileiro, esta lenda superou a hidrocefalia desde jovem, e é um dos representantes da velha-guarda. Italiano de origem, e paraibano de sotaque, xingou Michel Serdan por tantas vezes em público que acabou se apaixonando por ele.

 

 

ninjaO Cagão Branco Ninja: Seu cosplay de Dragon Ball nos ringues já é marca registrada dessa fera, meu! Adepto da filosofia “Quebre meu pé, mas me pague um café,” tem um dos finishers mais sensacionais do prowrestling mundial: o Vôo do Cagão Branco, onde ele salta do turnbuckle, pousando o pé direito no peito de seu adversário, e o pé esquerdo no Hospital das Clínicas. Foi detentor do “Cinturão Simpatia”, como disse Serdan, em uma equipe concorrente.

 

rick


Rick “Ginecomastodontia” Roger
: Quedê ti peitinho di nenê? Quedê peitin? Aaaaaaaah… Peitin caiu? O dó, nené que dóóóóó… Rick Roger é powerlifter, uma modalidade que consiste em exercícios de agachamento, supino e levamento de fio-terra levantamento terra. De tanto levar ferro na academia, se tornou um atleta respeitado e muito querido. Quase como uma mãe. E sua mãe tem pelo na teta.

 

 

gringo
El Gringo
: A versão hipercalórica do saudoso vocalista do Motörhead também acompanhou mamãe Erundina e foi buscar novos ares no Gigantes do Ringue. É talvez um dos únicos desta lista que conhecia o prowrestling norte-americano antes de entrar pro negócio. Mesmo com todo esse background, até hoje ainda não aprendeu a dar um rolamento.

 

 

bino_rock
Bino Rock: É uruguaio. E isso é o máximo de informação relevante sobre esse lutador.

 

 

 

 

 

 

red
Red Calibre: Ex-dublê de filmes de ação homoerótica, Red é detentor de um dos melhores físicos dessa lista. Reza a lenda que depois de quebrar o pé aplicando o seu finisher, o “Red Fatal” (rebatizado depois do incidente para “Red Botinha Ortopédica,) ficou com tanta vergonha que decidiu não aparecer em um show realizado pelo seu mestre Nino Mercury. Nino xingou muito no twitter, e Red foi para o GDR antes de todos os lutadores desta lista.

 

john
O “rapper” Mano John: “Rapper” dentro das aspas porque se ele comparecesse a uma batlaha de MCs, provavelmente apanharia de remo na bunda. Fanfarrão e despojado, Jean Willys (nome verdadeiro do lutador) entrou para o GDR após uma desilusão amorosa. Fã de Sônia Abrão, Nelson Rubens e do programa Superpop, gosta de criar sensacionalismo em matérias do UOL, mesmo que pra isso tenha que desrespeitar a memória de alguém. Diz ser dono da marca “Astros do Ringue”, que é disputada por ele e por Mario Boy.

 
Todos eles, passaram a integrar a equipe de Michel Serdan, essa verdadeira enciclopédia do prowrestling tupiniquim. Está sendo cogitado para eles a criação de uma stable chamada de “Os Sete Anões”. Afinal, são pequenos no talento, mas grandes na perseverança. Enquanto isso não acontece, e esses sete não saem da geladeira do GDR, a equipe vai mostrando uma dramática mudança em seu produto com os novos talentos da empresa. As mudanças são visíveis, e podem ser melhor detalhadas no gráfico abaixo:

evolucao_gdr

Desejamos todo o sucesso do mundo ao novo GDR Evolution, fazendo sempre jus ao jeito Michel Serdan de fazer o prowrestling acontecer. Até porque enquanto nosso carequinha de ouro continuar na ativa, nossa redação terá sempre assunto pra poder postar na volta deste humilde blog.

Falando em assunto, terminamos nossa postagem de retorno com uma singela homenagem, breves momentos memoráveis de Antonio Carlos Aquino Rêgo:

Até a próxima, seus putos!

Manoel Serdan… a velha cobra que nunca mais se levanta

junho 7, 2011

Olá fofuxos, aqui é a Ru, voltando de férias e caçando mais um gossip quentíssimo na internet. E, com toda a sinceridade que eu possa usar neste momento, estava rindo do final do TB da BWF para o Dentro do Ringue, blog do velhote Stiner que será uma ostra prenha para o UN, quando me deparo com mais um texto lúdico e educado do nosso colunista gagá, Manoel Serdan. Esse mesmo, o velho do pãozinho careca.

Muito que bem! O TB da BWF já estava a fechar suas portas citando Michel Serdan sem parar, quando o velho Manoel resolveu fazer o seu banquete, recheado a requeijão e patê. Como citou Marcos – O Desempregado – Martins, Michel é o “queridinho” do UN, mas o texto supracitado o desmente de forma veemente.

 

Olha a mentira, seu desempregado ingrato! Fazemos até postagem homenageando seu finado blog!

Mas este texto não é para dar mais um capítulo à eterna family feud Martins x Aquino, mas sim falar dos problemas de impotência de Manoel Serdan. O pobrezinho é zoado aqui na redação porque nem Viagra ajuda mais a baguetinha a endurecer. Para levantar o ego (já que o pinto não levanta mesmo) e tentar dar mais uma publicidade ao pobre portuga, com a autorização especial do meu barbeiro delicioso Kwellada, eu vou fazer uma entrevista com Manoel Serdan para entretê-los. Vamos a ela!

E vai começar o vira!

 

Em Portugal, é impossível falar em luta com bisnagas sem falar em Manoel Serdan. Décadas dedicadas ao preparo das maravilhosas iguarias lusitanas lhe deram, dentre outras coisas, o status de ícone e figurinha repetida nos jogos de bafo, álbuns e cadernos de estudantes de internatos. Nesta entrevista, o criador das Padarias Serdan (onde o sonho nunca acaba!) conta por que seu pênis não sobe mais.

 

Ru: Bom, Manoel, lá se vão mais de 50 anos de carreira (me corrija se eu estiver errada) e mais de 60 anos com a mão na massa…

 

Manoel: Completamente errado, senhorita bigoduda. Estreei profissionalmente aos 3 meses, em 1847, golfando dentro de uma tigela cheia de massa de pão. No dia seguinte, todos os fregueses falaram a meu pai que adoraram o pão recheado da nossa padoca, sinônimo de qualidade em Portugal e toda a Europa, principalmente na Índia.

 

Ru: Você começou com o lendário empresário Francisco São Geovane?

 

Manoel: É verdade! São Geovane foi um apóstolo não reconhecido de Geremias, que por pouco não se tornou o Messias (perdeu uma lucha de apuestas para um tal de Jesus). Foi o homem que me colocou em cima das bisnagas. Fiquei contente, porque os amadores só podiam botar a mão na bisnaga dos padeiros da época e só ficavam nas preliminares.

 

Ru: E o que mudou na padaria esse tempo todo? Era mais fácil fazer pães?

 

Manoel: A padaria mudou muito nesse tempo todo. Mais fácil é fazer suspiro e sonhos do que os pães. Esses endurecem com facilidade. Mas, como a padoca mudou com o passar dos ânus, hoje os pães não endurecem por nada nesse mundo! Quanto mais velho, mais mole fica.

 

Ru: Você foi o primeiro a colocar mulheres para trabalhar nas padarias, uma coisa que não era muito popular na época…

 

Manoel: Essa foi uma grande vitória nossa e do saudoso senhor Pacaembu, dono do estádio famoso de mesmo nome. Naquele tempo, ainda vivíamos sob o julgo da Censura Federal, que proibida mulheres de pegar em bisnagas, baguetes e outras coisas sem a devida proteção. Mas nós conseguimos fazer com que tal presença se disseminasse rápido graças à minha mulher, dona Aids. O senhor Pacaembu falou “coloca as mulheres, que eu seguro as bundas!”. Eu as colocava com carinho, nem doía…

 

Ru: E por onde andam essas padeiras?

 

Manoel: Neru, a mulher gorila, foi desmascarada. Descobrimos uma banana escondida em suas calças e a dispensamos. A Índia Amazonense desapareceu na floresta amazônica indiana e foi dada como morta ou capturada.

 

Ru: Você também causou polemica quando lançou o Gigantes da Padoca – A Nova Geração, com padeiros gostosos… digo, sarados. Mas eles usavam anabolizantes e isso não era bom para a imagem da padaria, certo?

 

Manoel: Foi aí que passei a ser odiado por muitas. Os homens eram musculosos e metiam a mão na massa. Mas usavam anabolizantes na massa e, na hora da bisnaga endurecer, ela ficava mirradinha… a freguesia protestou e eu tive que tirar os hormônios do crescimento de minha produção.

 

Ru: Mas você já fez sexo mascarado, né?

 

Manoel: É, eu chamava meu lulu de Mister P ou Senhor Pinto Grande e dona Aids falava que se eu não colocasse uma máscara no dito-cujo, não poderia fornicar. Como eu queria mesmo era comer uma rosca gorda, tive que ceder…

 

Ru: E como o lulu do Manoel se tornou Mister P?

 

Manoel: Mas você é burra, rapariga? Ô raios, Senhor PINTO GRANDE! Quer que eu desenhe?

 

Ru: Melhor não. Melhor que fique na memória.

 

Manoel: Rapariga danada você, hein? Quer ficar com o meu lulu na sua memória…

Embora eu tenha dito que não, ele insistiu em desenhar...

 

 

Ru: É a única forma disso aí continuar ativo, já que na vida real, não dá as caras… bom, já ouvi de algumas meninas que trabalharam na sua padaria falando mal de você. O Manoel é tão carrasco assim?

 

Manoel: O problema é que nem todas queimam a rosca. Elas só falam mal de mim por causa disso. Além disso, tivemos problemas quando começamos a fazer cookies. Cookie é bom, ninguém quer dar…

 

Ru: Você se arrepende de algo na sua vida?

 

Manoel: Arrependimento… hum… (pensativo)… deixe-me ver… (ele está fazendo aquela pose do Pensador)… vamos ver… (agora, ele pega um CD de Gabriel – O Pensador)… não.

 

Ru: Tempo desperdiçado… bom, se na próxima encarnação pudesse voltar como outra pessoa, quem você gostaria de ser?

 

Manoel: Encarnação? Estou pintado de vermelho e não sabia, ora pois?!?

 

Ru: Não, Manoel. Encarnação, nova vida, não encarnar, tornar vermelho…

 

Manoel: Ah sim, ô raios! Voltaria como uma calcinha.

 

Ru: Calcinha? Por que?

 

Manoel: Porque pode não ser a melhor coisa do mundo, mas está bem perto disso…

 

Ru: Engraçadinho… bom, todo grande homem tem ao seu lado uma grande mulher. No seu caso, é a dona Aids.

 

Manoel: Sim, eu sou doente por ela! Por ela eu dou meu sangue!

 

Ru: Deixe um recado para os fãs brasileiros que lêem este blog!

 

Manoel: Uma vez escutei isso de meu primo, parafraseando seu ídolo maior, Hulk Hogan: “Eu não sei quem colocou a lua lá em cima, mas de uma coisa tenho certeza. Ela, assim como a Terra, tem um pó mágico, azul que se lhe dá poderes”. Isso quer dizer… não sei.

 

Ru: Já que estamos falando de pozinho azul que faz as coisas subirem, passemos agora a um assunto mais delicado. Seus problemas de ereção.

 

Manoel: Melhor deixarmos isso debaixo dos panos. Por mais que você tente, não conseguirá trazer este assunto à tona. Então, aquele abraço que o portuga aqui tomou seu Tamarine há muito tempo e precisa defecar.

Pozinho azul? Viagra?!? Que nada, o que faz o portuga virar um foguete é o pozinho verde!!!

 

Requeijão e patê

abril 9, 2011

Tem coisas que nunca deveriam ter sido criadas. Eu digo, porque essas coisas não dizem a que vieram, como é o caso de um blog que acaba de falecer. Seu criador conseguiu se indispor com quase todo mundo relacionado à luta livre. Lutadores, empresários, até com outros portais.

Foi expulso do Pior da Luta Livre (conseguiu ser rejeitado onde o Diego não foi!), por mostrar-se tendencioso em suas escritas (afinal, só escrevia merda). Foi então que resolveu criar seu próprio sítio, como quem diz “perdi pro Diego, não empato com mais ninguém!”. Acabou ficando só (empatou com o Diego), porque nem os miquinhos amestrados quiseram ficar lá. O negócio deles é música, não luta livre.

Vazaram, Mané!

Seria cômico se não fosse trágico… pensando bem, é cômico sim! Acreditem vocês, nobres gajos, que até durante a extrema unção a metralhadora giratória atirou para todos os lados (era giratória, dã!), ofendendo e culpando a maioria dos inimigos (claro, são inimigos, devem ser ofendidos, dã!) pela sua decadência e transformando alguns, também inimigos, em amigos de infância.

Metralhadora giratória…

Mas para quem conhece seu modo maquiavélico, no mínimo espera ressuscitar para destruir todos. (Nota do Manoel: Esse último parágrafo eu falei em homenagem ao Undertaker que, dizem, sofreu uma parada cardíaca após o último Wrestlemania). Mas ele vai ressuscitar para derrotar Triplo Agá no próximo evento.

Voltando ao assunto “amigos de infância que são inimigos”, esse cara, cujo blog faleceu, falou tão bem de todos. Sabem como é, quando é vivo, ninguém dá bola. Quando morre, era tão promissor…

 

Morre, vira ídolo...

Eu, como não acredito em ressurreição (mas que acontece, acontece!), fico torcendo para que o inimigo que é amigo não volte. Mas se isso acontecer, espero que não seja escondido atrás de uma máscara, nem vestido com um macaquinho, ouviu Sting?

Desculpem, estou um pouco avoado hoje. Como dizia o Deputado Tiririca, pior que está não fica! Mas seu ego continuou inflado até o fim, afinal foi o deputado mais votado em São Paulo.

Voltando ao assunto, hoje, quem morreu foi o TB da BWF, mas podia ter sido o cAnal Wrestling, o PXW, Wrestling Arte, Pior dos Noobs, WWE Rulez ou até o Pior da Luta Livre (mas até a morte internética rejeita o Diego). Só não podia ter sido o blog da Melissa Lomax! Os testículos do portuga subiam até seu umbigo quando ele entrava naquele blog…

Saudades da minha rapariga…

Como eu disse no início, tem coisas que nunca deveriam ser criadas. Por sorte, Tamarine não é uma delas. Eu cago mais com Tamarine do que com esses blogs…

Faça-me um favor, blog do Marcos Martins, morra em paz! E até a próxima aos noobs fãs do portuga mais bigodudo do Noob Universal!

Só amaremos no dia que morrer...

SWAGGER NA VIRADA

abril 2, 2011

Oi fofuxos queridos do Universo Noob! Aqui é o Jack, mais conhecido como Jack Swagger, roubando o lugar daquela baranga da Ru e trazendo um gossip quentíssimo de São Paulo.

Eu e Ru saímos ontem à noite e eu roubei a notícia dela. Esse furo é meu, baranga!

Tudo começou quando convidaram meu gato velho Michel Serdan para fazer um programa na Virada Cultural. Logo nos empolgamos. Imagina, eu e Checheu, fazendo programa, cheio de viradas na TV Cultura? É uma emissora simpática e sem rejeição para nós mostrarmos nossas peripécias! Mas aí, nos contaram que é na Virada Cultural, um evento que dará um banho de cultura na capital paulista. E o pior, fariam diversas exigências ao meu pão dormido!  Mas meu lindo gagá não ficou por menos. Em uma postagem intitulada “Virada Cultural” (que você pode ler aqui), o velho Michel mostrou suas asas. E eu, juntinho dele (quase em cima de seu colo), trouxe os melhores momentos aqui para os senhores… com comentários de minha autoria!

“(…) e a pessoa com quem tratávamos (José Renato, agência entre Staging e entertaining) consolou nos dizendo que, ignorava os problemas…” 

Na verdade, Zezé Natinho nos deu um consolo enooooooooooorme, para não ficarmos chateados pelo GDR estar fora da Virada Cultural. E nós ignoramos qualquer problema quando vimos o tamanho do consolo.

Zezé Natinho me consolando

“1°) Amostra de um documento enviado via e-mail que pedia para que os responsáveis pelo GDR-Brasil assinassem dizendo que: No caso de problemas, inclusive pagamentos, não poderíamos acionar a Prefeitura, porque a agência em questão, era a contratada. Nossa opinião= concordo que a responsável é a agência, mas vamos supor que ela, a agência, alegue falta de pagamento? Eu quero ter o direito de brigar pelos meus direitos em todas as instâncias.”

Minha opinião = Nós não queremos problemas, queremos pagamento! Se a agência contratada não nos pagar, nós vamos para o pau e daremos até sair sangue!

Política do Big Stick, baby! Vai pro pau? Dá até sair sangue!

“2º) esconderam do GDR-Brasil que todos os eventos de rua, (circences e outros) teriam o meu ringue como palco, durante as 24 horas. Nossa opinião= Na 1ª Virada Cultural usaram o nosso ringue como palco e nos entregaram sujo, molhado e maltratado, transformando o nosso show num evento de 5ª categoria, portanto informei que, para os shows dos Mexicanos, (Luta Livre) não teria problemas, para os outros não: Não concordaram.” 

Minha opinião = sujar, molhar e maltratar um ringue é um crime! Mas quando Michel me joga no chão e me maltrata, eu me molho todinho…  

Eu uso esse robe quando vou me encontrar com Serdan em uma sessão de chão, sujeira e molhação

“3º) Pediram uma relação com o nome dos 20 lutadores que iriam participar, enviamos. Pediram novamente, tornamos a enviar. Os pedidos eram de pessoas diferentes. Pediram pela 3ª vês… não atendemos. Fizeram a mesma coisa ao pedirem uma relação de quem iria lutar contra quem = atendemos aos dois primeiros pedidos. Pediram fotos recortadas dos lutadores, alegamos que só tinhamos no ringue e lutando. Pediram xerox de todos os documentos, já tinhamos enviado via e-mail, os números dos RGs e CPFs. Pediram um resumo das lutas; respondi que não existe tal coisa. Pediram também um curriculo de cada lutador. Respondi que nem em 2 meses iria conseguir tal coisa com todos os 20 lutadores. Eles simplismente não tem tal coisa.” 

Minha opinião = Com relação a pedidos, um é pouco, dois é bom, falar 3ª “vês” é demais! Nos pediram para recortar fotos dos lutadores, mas os lutadores lutam no ringue, sem cortes.

Cortada no ringue não! Eca!

Eu só queria deixar bem claro que a mágoa não é contra a Secretaria de Turismo (cujo secretário é um gato!), muito menos com a Prefeitura de São Paulo (afinal, Kassab é um pedaço DEM au caminho!), mas com a agência de eventos contratada. Nós pedimos para ficarmos de fora, mas, no dia da apresentação, estaremos no meio da multidão assistindo e torcendo pela performance dos mexicanos, aqueles que têm um taco imenso!

É chato, mas o GDR – Brasil não estará atuando na Virada Cultural, para delírio de alguns, como Marcos Martins (me liga para devolver minha cinta-liga que você usou no último domingo, gato!). Mas não se preocupem, pois eu, Jack Swagger, e Michel Serdan, o Patrão Insaciável, estaremos de volta no próximo grande evento da capital paulista: A Parada Gay!

Ficou contente, mona martins?

Beijos a todos, principalmente ao Floyd Venner. Me liga, gato!

Nos encontramos na Parada Gay, Vampetoca!

O “cAnal” ataca novamente!

março 24, 2011

O cAnal Wrestling, vulgo: blog mais amado, lindo, desejado e soberano do mundo está realmente empenhado em conquistar um lugarzinho em nossos corações, e a prova disso vocês podem ver logo abaixo.

As charges são melhores que as do Raposa!

Realmente a qualidade do CAnal é invejável!

Seu blog vai me emburrecer

março 8, 2011

Olá colegas noobs!

A dois posts atrás nós fizemos um protesto contra os layouts poluídos dos blogs brasileiros sobre luta-livre. Usando como exemplo o Canal Wrestling que era mais enfeitado que destaque de carnaval. Eu disse era, porque o layout do blog mudou vejam só. As postagens estão centralizadas como manda o figurino, os menus e banners estão mais organizados. Meus parabéns.

O pessoal do Canal Wrestling ficou até meio bravo, mas tudo o que fazemos é para o crescimento da IWC brasileira. E para provar que isso é a mais pura verdade, nós daremos outro conselho ao pessoal do C.W.

Revisão Ortográfica…

Demitiram o português!

Fim de "carrera"(sic)!

E um ultimo destaque!

Tá difícil de não ler ANAL WRESTLING toda hora!

O INVEJOSO

março 4, 2011

Olá amigos do Universo Noob! Aqui é a Ru! Sentiram saudades de mim? Eu estava em Orlando, na Florida. Fui lá passear em uns parques muito famosos e ver o meu pateta favorito, Jeff Hardy. Acreditam que ele está junto com o irmão, aterrorizando a TNA? Pois é, meu Jeff é um gênio! Eu até aproveitei para comprar a nova Fusion Power da Gillette. Cinco lâminas para arrancar os pentelhos da Ru em dias de 3-3-11!

Bom, estou de volta das férias e logo me deparo com o retorno da ingrata WWE ao Brasil. O canal TV Esporte Interativo resolveu apostar no chamado esporte de entretenimento e trouxe a WWE para terras tupiniquins. Mas por que a WWE? Por que não a TNA, que conta com o pedaço de mau (tá bom, péssimo!) caminho Jeff Hardy, o famoso drogado de botas?
Bom, o fato é que um elefante incomoda muita gente. A WWE em uma TV brasileira sem convidar Michel Serdan incomoda muito mais. E foi após negar veementemente, depois confirmar como se nada tivesse acontecido e esperar o programa ir ao ar sem sua presença, que o Patrão Impiedoso soltou o verbo. Em uma postagem chamada “Falta de respeito!”, Michel Serdan criticou o programa Raw de cima a baixo. Vejam com seus próprios olhos a íntegra da postagem:

“O programa RAW que estreou nessa quarta feira pelo canal “Esporte Interativo”, teve a duração de 50 minutos, mas, de luta mesmo foram apenas 20 minutos. Do jeito que começou, terminou. Eu acho que houve muito pouco caso da emissora para com os fãs da WWE. Poderiam ter feito uma abertura, mesmo para quem já é fã, que já acompanha, merecia um pouco mais de valorização. A WWE poderia ter, mandado um programa melhor, já que não é ao vivo mesmo. Quem nunca viu, não entendeu nada, deve ter achado que são todos loucos.
O narrador e o comentarista falam bem o inglês, também pudera, eles moram lá, mas faltou pique, faltou vibração, faltou conhecimento dos golpes, e eles se limitaram a ler os informativos que receberam e em muitos momentos não sabiam o que falar. Mas, é assim mesmo, no começo tudo é difícil e eles irão melhorar.”

O campeão gagá, que em abril fará o main event do Votupomania defendendo sua cinta de couro em uma DEA match (dentaduras, escadas e autópsias) contra Caio Lahde Cima, ainda ilustrou sua postagem com uma foto com Shane McMahon (onde tenta enfia o indicador no mamilo de Shane, mas é bloqueado), claramente com o intuito de dar um ar mais autoritário ao autor da postagem, como quem se diz membro da alta roda WWEdiana. Pois bem, senhor Serdan! Você acha que é onda ter uma foto com o filho do presidente de uma companhia? Pois bem! Meu patrão delicioso já tirou uma foto com Steven Spielberg! Eles comemoraram juntos mais um Oscar. Engole essa Serdan!

Você vai lembrar dessa, Serdan! Foi por Jurassic Park que eles ganharam!

Além disso, pode não ser onda aparecer em fotos com “superstars”

Muito que bem, podemos ver que mais um toco ao melhor estilo Diego do PLL, quando seu GDR saiu da TV simpática e sem rejeição, o golpe de misericórdia foi dado. O TV Esporte Interativo contratou a dupla que narrava a WCW para a TNT e eles passaram no primeiro teste. Michel, eu lhe aconselho a fazer o mesmo que fiz. Tire umas férias, vá para um asilo e esqueça a luta livre. Ao contrário de você, ela não precisa de andador para se locomover.
Me despeço com o cartaz do próximo Votupomania, onde nosso campeão vai fazer o evento principal! Até a próxima, amiguinhos!

Vai ser páreo duro!

O VELHO MICHEL DEVE MORRER? – Buy Manoel Serdan

fevereiro 26, 2011

Eu afirmo com toda certeza, com toda veemência, afinal, alguém que nem lembro mais o nome… lembrei! Michel Serdan, disse que os velhos empresários devem morrer (ui, calma boneca!). Se precisar, grito para que o mundo todo ouça que eu escrevo em braile (vai que o tal Serdan é surdo e mudo, gagá ele já é!). NÃO, os velhos empresários não devem morrer, só os novos empresários devem morrer!

O problema todo é só porque a luta livre brasileira não consegue sair do buraco, porque alguns dos chamados novos empresários (que devem morrer), sem imaginação nem criatividade, empurraram-na ainda mais para o fundo do poço, sabem como? Trazendo a WWE de volta à TV brasileira. E meu primo garantiu, com todas as letras, que nada saiu de Stanford, Nova Iorque, sede da WWE. Lamento decepcioná-los, mas a WWE não volta pro Brasil.

Preciso de algo?

Descobri recentemente que tem uma equipe sem lutadores e tem uma que faz as lutas do programa e só troca as máscaras, a roupa não precisa. Essas duas são chamadas Raw e Smackdown e o Raw está de volta, no canal Esporte Interativo. Mas o povo é trouxa e não vê esse canal medíocre, antipático e com rejeição.
Com isso, vão empurrando a luta livre abismo abaixo. Eu não conheço nenhum empresário novo, em parte nenhuma do mundo, fazendo sucesso. Todos os que conheço (EUA, México, Japão, Argentina, ou seja, o mundo inteiro) estão acima dos 60 quilos. Isso já encheu, vamos mudar um pouco o assunto.

Em vários países do mundo, costumam cultuar as lendas da luta livre, tanto os velhos empresários quanto os lutadores, mas no Brasil isso não acontece, sabe por que? Porque o velho empresário é o lutador, o campeão, o dono, o patrão impiedoso.

Mas o curioso é que eu cago (principalmente) e ando para isso, sabem por que? Mesmo que muitos lutadores também caguem, eu continuo cagando mais, graças ao Tamarine.
Faz uns 35 anos que tinha um lutador chamado Ted Garoto Marino, uma das maiores lendas da luta livre. Ele comprou uma Kombi, construiu um ringue em cima, aliou-se a mais três lutadores do Rio e viajou para o Nordeste, realizando lutas. Imaginem como eram as lutas, naquela amostra grátis de ringue e que ninguém se pendurasse nas cordas, porque a Kombi virava. Mesmo assim, foi ali que nasceu a semáforo match.

Ele não pensava que o povo era trouxa, pensava que eram uns trapalhões. Mas o povo não o era e isso repercutiu no desinteresse pela luta livre e no interesse por Didi, Dedé, Mussum, Zacarias e pelo meu primo, o Sargento Pincel.
Hoje ainda existem maus empresários por culpa dos fãs, pois são eles que alimentam os maus empresários, dando saquinhos de sal em troca de lutas de baixa qualidade. Pois vamos fazer um pacto!

Vamos dizer NÃO aos maus empresários, matando os novos e mantendo os velhos vivos e gagás, cuidando de seus blogs de baixa freqüência. Lutas nas ruas, nas esquinas, sem prestígio e em troca de esmolas, nunca mais!
Da minha parte só posso dizer o seguinte: sou um velho empresário do mundo das padarias, tento sempre fazer o melhor possível, muitas vezes com prejuízo financeiro e só peço um pouco mais de respeito.

Comprem pão e acompanhem a WWE no TV Esporte Interativo. Gigantes do Ringue nunca mais!

Seu blog vai me cegar!

fevereiro 21, 2011

É praticamente impossível ler um artigo decente, até porque ninguém sabe escrever nesses blogs, um dia desses(quase agora) eu tentei ler um review do WWE Superstars no Blog Canal Wrestling.

Opiniões que marcam a sua vida: "...Mas até que foi boa"

As vezes é pior, eles descrevem cada golpe com os nomes que aprenderam no wikipédia em algum Top 10 moves no youtube. Mas não conseguem te dizer mais do que “boa luta”, “luta ruim”. Ok, eu não quero que você transcreva a luta eu quero saber se vale a pena assistir!

Um dia eu lí um artigo sobre a internet, esse artigo dizia que o próximo passo era que a internet tivesse cheiro. Eu prefiro que não. Mas eu fico imaginando que se alguns blogs da nossa blogosfera tivesse cheiro eles cheirariam igual a penteadeira de puta. Alguns são mais poluídos que Cubatão e São Paulo juntas. As vezes eu tenho medo de ter um ataque epiléptico.

Protejam seus olhos!


Os caras enfiam numa única pagina, um chat, countdowns de eventos, enquetes, propaganda, o power 25 da WWE, foto da mãe pelada…

Aliás eu falei chat né… Não tem coisa pior que entrar em um blog desses e o maldito chat ficar fazendo um barulho irritante, que provavelmente foi feito para que você nunca mais acesse uma merda dessas com um headphone. Ou que você só volte a acessar no dia que estiver surdo.

Os rumores já estão praticamente confirmados, a WWE estará de volta a televisão brasileira logo logo e com isso provavelmente teremos muitos blogs surgindo. Eu podia fazer aqui um apelo aos futuros blogueiros, podia pedir para que enchessem mais essa privada. Mas como não vai adiantar eu só vou preparando os dedos, porque teremos muito material futuramente!